Seja Verde (De Verdade)


Ser ecológico da boca pra fora é muito fácil. Nos dias atuais o apelo ecológico é muito forte e um grande número de pessoas se rotulam de "verde". Mas, será que é realmente fácil uma pessoa levar uma vida ecologicamente correta? É possível alguém ter diariamente atitudes que visam salvar o planeta? Bom... aí estão 10 conselhos práticos para aquelas pessoas que querem ser verdes de verdade. Vejamos:
1- Ao usar detergentes, não usá-los em excesso, dando preferência aos detergentes biodegradáveis, que se decompõem na natureza. Embora bicarbonato de sódio e água sirvam para limpar banheiros, cozinhas e tapetes. Sal de cozinha pode ser útil no polimento de mármore e vinagre branco destilado, misturado meio a meio com água é ótimo para limpar vidros, azulejos e vasos sanitários. Pode-se usar limão para polir metais. Quem se habilita?
2- Filtros de café, toalhas de papel e outros objetos são branquíssimos porque foram alvejados por processos químicos. O processo de alvejar gera a dioxina, uma substância altamente tóxica, que é despejada indiscriminadamente nos rios e lagos. Portanto, ao fazer café, use coador de pano ou tipo longa vida. Um único filtro desses substitui 2 mil filtros descartáveis.
3- Para tornar aderente o filme transparente de PVC usado para embalar alimentos, os fabricante sempregam substâncias que quando entram em contato com os alimentos, vão contaminá-los. A folha de alumínio usada para cobrir os alimentos é feita de bauxita, minério encontrado no Norte do país, onde a floresta tropical é devastada para se extrair a bauxita do solo. O processo de retirada da bauxita é altamente poluente. Evite usar folha de alumínio, guardando os alimentos na geladeira, de preferência em embalagens de vidro.
4- Você sabia que uma panela de água tampada ferve mais rápida do que uma destampada? Que panela de vidro ou cerâmica absorve mais calor e, por isso, cozinham mais depressa os alimentos e economizam energia? Também é bom usar panelas menores e panelas de pressão para economizar gás de cozinha.
5- Não use sacolas de plástico demais e desnecessariamente. As sacolas de plástico não são biodegradáveis e são feitas a partir do petróleo. Jogadas no mar, elas engasgam ou estrangulam animais marinhos. Dê preferência as modernas sacolas de amido de milho, que não poluem e se decompõem em 1 ou 2 anos, ou então vá ao supermercado com uma sacola de pano ou de palha. Ah, e não se esqueça de recusar quando a funcionária de supermercado quiser lhe dar mais sacolas plásticas para embrulhar produtos que já vem embalados em plástico.
6- Recuse embalagens de isopor. O isopor é, na verdade, uma espuma de poliestireno obtida através do benzeno, uma substância reconhecidamente cancerígena. Além do mais, os gases usados no processo de fabricação do isopor são os famosos CFCs, que são comprovadamente prejudiciais à camada de ozônio.
7- Troque as lâmpadas comuns de sua casa por lâmpadas fluorescentes, que gastam um terço menos de energia. É preciso tirar o pó das lâmpadas, porque lâmpada suja de poeira consome mais. Para economizar energia, prefira ler ao ar livre do que sob a luz do abajur ou luminária em pleno dia claro.
8- Quando for lavar roupas, use a máquina de lavar cheia, pois cada lavagem na ma´quina pode consumir até 100 litros deágua. Em vez de mangueira, use balde de água e pano para lavar carro e vidraças. Dá mais trabalho, mas o que você não faz pelo nosso planeta, não é mesmo?
9- Use menos o carro; ande mais a pé ou de bicicleta. Faça transporte solidário e, sobretudo, regule o motor de seu carro. Um motor bem regulado consome menos 9% de combustível. É bom manter sempre limpos filtros de ar, velas, carburador ou bicos de injeção, platinado e escapamento: assim você diminui o consumo de combustível. Também não é bom carregar muito o carro. A cada 50 kg de peso extra que você carrega em seu carro, o consumo de combustível aumenta em 1% .
10- Cuidado com as pilhas. Elas contêm metais pesados, sobretudo mercúrio e cádmio. Além disso não são recicláveis: jogadas no depósito de lixo, enferrujam e despejam metais no solo e na água. Prefira as pilhas alcalinas, que duram mais ou as modernas pilhas recarregáveis. que são recicláveis.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

A Importância Ecológica das Baratas