Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

O "Fenômeno Eunuco" em Aranhas

Imagem
Aranhas macho se castram durante cópula para elevar chance de paternidade. Quadrado vermelho mostra um órgão sexual masculino quebrado inserido em uma aranha fêmea
Algumas aranhas macho se castram voluntariamente durante o processo reprodutivo para aumentar suas chances de procriar, indica um estudo publicado em fevereiro de 2012 no periódico Biology Letters.  Os machos rompem seu próprio órgão sexual no meio da cópula, o que permite que continuem inserindo esperma na fêmea mesmo depois de eles próprios já terem se afastado da parceira.  O afastamento rápido após o ato sexual tem uma explicação: as aranhas fêmeas costumam devorar seus parceiros em seguida à procriação.
Há até pouco tempo, os biólogos não entendiam o comportamento dos machos, já que a autocastração os deixa estéreis. Mas os pesquisadores agora creem que a autoimolação aumenta a quantidade de esperma colocado na fêmea e dá ao macho mais chances de gerar filhotes.  Quebrar a ponta do palpo (um apêndice dos artrópodes) duran…

Morcego Nariz-de-Folha

Imagem
Esse bicho esquisito aí em cima é o Griffin’s nariz-de-folha (Hipposideros griffini) uma nova espécie de morcego encontrada no Parque Nacional de Chu Mom Ray, no Vietnã.
Uma nova espécie de morcego foi encontrada no Parque Nacional de Chu Mom Ray, no Vietnã. Trata-se do  Griffin’s nariz-de-folha (Hipposideros griffini). O nariz protuberante é uma característica dos morcegos do tipo nariz-de-folha, importante para sua capacidade de ecolocalização - ou seja, de identificar o ambiente ao redor pelo eco do som que emitem. Por isso, são ótimos caçadores noturnos.
A nova espécie foi nomeada em homenagem ao pesquisador Donald Griffin, da Universidade Rockefeller, de Nova Iorque, um dos maiores especialistas em ecolocalização. Apesar de esquisito, quando capturado o Hipposideros griffini se mostrou mais dócil que outras espécies que vivem na mesma região. Fonte:Instituto Ciência Hoje  Saiba mais sobre morcegos no Biorritmo: Nem todo morcego é vampiro (26/06/2010) Droga derivada da saliva de morcego …

A Evolução do Olho Humano

Imagem
O olho dos vertebrados, longe de ser concebido de forma inteligente, contém inúmeros defeitos que atestam a sua origem evolutiva.

O olho humano é um órgão extremamente complexo; atua como uma câmera, coletando, focando luz e convertendo a luz em um sinal elétrico traduzido em imagens pelo cérebro. Mas, em vez de um filme fotográfico, o que existe aqui é uma retina altamente especializada que detecta e processa os sinais usando dezenas de tipos de neurônios. O olho humano é tão complexo que sua origem provoca discussão entre criacionistas e defensores do desenho inteligente, que o têm como exemplo básico do que chamam de complexidade irredutível: um sistema que não funciona na ausência de quaisquer de seus componentes e, portanto, não poderia ter evoluído naturalmente de uma forma mais primitiva. Mesmo Charles Darwin admitiu em A origem das espécies, de 1859 – que detalha a teoria da evolução pela seleção natural –, que pode parecer absurdo pensar que a estrutura ocular se desenvolveu p…

Revisitando a Biblioteca de Babel de Borges

Imagem
Até o início dos anos 70, o modelo que tínhamos do genoma humano era de um lugar bem organizado, mais ou menos estático, onde cada gene tinha um local correto e preordenado pela sua função. Atualmente, a imagem que mais se aproxima do genoma humano é a da biblioteca de Babel de Jorge Luis Borges

Jorge Luis Borges (1899-1986), escritor argentino de vanguarda, foi um dos maiores representantes do realismo fantástico no mundo. Seu conto A Biblioteca de Babel, publicado no livro Ficções, de 1944, lançado no Brasil pela Editora Globo, pode servir de representação premonitória da sociedade da informação da atualidade. Nesse conto, Borges pede que imaginemos uma biblioteca gigantesca que contivesse todos os livros possíveis, ou seja, um repositório de todas as combinações possíveis de letras, sinais e pontuação e espaços da língua inglesa. Espalhados  por toda essa vasta biblioteca de possibilidades colossais haveriam livros que fariam sentido - todos os livros escritos e todos os que ainda …

A Menina Que Inventou Uma Molécula

Imagem
A fantástica história da garota de 10 anos que descobriu uma molécula desconhecida. Sem limites impostos por conhecimentos prévios enraizados, Clara Lazen contou com a criatividade e a sorte para propor a estrutura de uma nova molécula
Durante uma aula de química em uma escola do Kansas (EUA), a pequena Clara Lazen, de 10 anos construiu  a estrutura de uma molécula completamente nova utilizando esferas de tamanhos e cores variadas. Ao perguntar ao seu professor que molécula seria aquela,  o mestre - entre desconcertado e entusiamado- admitiu não saber. Após a aula, o referido professor foi procurar a  ajuda de um amigo, o químico Robert Zoellner, da Universidade Humboldt, na Califórnia, para identificar a molécula misteriosa. Chegaram a conclusão de que se tratava do tetranitratoxicarbono, uma molécula totalmente nova para a química. A curiosa descoberta rendeu  um artigo publicado em janeiro na revista Computational and Theoretical Chemistry – assinado pelos três personagens: Clara, o …

Entenda A Sua Dor

Imagem
Novas informações sobre os mecanismos que nos levam a sentir dor ajudam na criação de alternativas capazes de dar alívio aos pacientes
A dor é um dos mecanismos mais importantes de defesa do organismo. Se quebramos o braço, sentimos dor , e assim sabemos que não devemos usá-lo para não piorar a fratura. Se encostarmos em uma superfície quente, a variação de temperatura nos faz tirar a mão, evitando que o calor destrua a derme.  Se há infecção em algum órgão, cólicas intensas avisam que algo errado acontece. Sem a dor , seria impossível manter a integridade de nosso corpo. Porém, existe a dor crônica -aquela que persiste por mais de 3 meses ou por um período superior ao calculado para a recuperação do paciente. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 5 pessoas no mundo, uma sofra com a dor permanente. Atualmente, os avanços da ciência já são capazes de garantir a uma boa parcela desses paciente a possibilidade de uma vida sem dor.  Para entender como a dor crônica é processad…

Quando a Ciência Vira Arte

Imagem
Em 2011, a revista Science e a Fundação Nacional de Ciência dos Estados Unidos propuseram um desafio internacional para eleger as imagens mais impressionantes do mundo científico. Entravam na disputa fotografias, ilustrações, vídeos, jogos e gráficos que ilustrassem qualquer conhecimento científico. Os critérios eram claros: impacto visual e profundidade da informação representada na imagem contavam pontos.  A imagem acima  lembra um monstro mitológico em guerra num planeta alienígena . Mas, na realidade, é uma ilustração que mostra anticorpos (essas coisinhas verdes) atacando uma célula de câncer de mama (o mostro com tentáculos). O crédito é do ilustrador Emiko Paul, da Echo Medical Media. A imagem ganhou menção honrosa – não houve vencedores na categoria Fotografia. Já a  ilustração abaixo, que mostra uma célula em processo mitose, conquistou o Voto Popular no desafio na categoria. Melhor do que os desenhos do seu livro de biologia? Andrew Noske é o responsável pela ilustração. Fonte:

De Celular a Microscópio de Alta Resolução

Imagem
Acessório óptico transforma celular comum em microscópio de alta resolução Dispositivo tem precisão de um centésimo de milímetro e vai beneficiar, entre outras áreas, os profissionais da saúde
Pesquisadores do VTT Technical Research Centre, na Finlândia, desenvolveram um acessório óptico que transforma um celular com câmera comum em um microscópio de alta resolução. O dispositivo tem uma precisão de um centésimo de milímetro e tem potencial para beneficiar, entre outras áreas, os profissionais da saúde. Os primeiros modelos devem ser lançados ainda em 2012. A ferramenta trabalha baseada em imagens produzidas pelo efeito combinado de uma luz de LED e uma lente óptica. Várias superfícies e estruturas podem ser examinadas em detalhes microscópicos e a câmera do telefone celular pode ser usada para produzir imagens de alta resolução que podem ser enviadas como mensagens de MMS. Para transformar um telefone celular comum em um microscópio, os pesquisadores anexaram um módulo microscópio magnéti…

Livro de Referência Sobre a Esquistossomose

Imagem
Livro de referência sobre a esquistossomose ganha versão gratuita
Pesquisadores da Fiocruz e instituições internacionais reúnem detalhes sobre o diagnóstico, tratamento e controle da doença

Pesquisadores da Fiocruz, dentre eles do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), e de outras importantes instituições de ensino e pesquisa do mundo organizaram o livro Schistosomiasis, uma publicação online sobre a esquistossomose, disponível como livro de referência aberto para acesso gratuito. Atrás apenas da malária, a doença é a segunda parasitária mais devastadora do ponto de vista socioeconômico. A obra é uma importante contribução para o combate a esquistossomose. Organizado por Mohammad Bagher Rokni, do Departamento de Parasitologia Médica e Micologia, da Universidade de Ciências Médicas do Irã, o livro é dividido em seis partes, que vão desde o diagnóstico até aspectos da malacologia, passando por temas como o tratamento, controle, manifestações clínicas e epidemiologia da doença. Indicado pa…

A Biomimética e a Descoberta Biorracional de Medicamentos

Imagem
Defensora da biomimética aposta na investigação ecológica como um ponto de partida para a descoberta de novos medicamentos

Janine M. Benyus, escritora científica, defende em seu livro Biomimética: Inovação Inspirada pela Natureza a busca pelo equilíbrio inicial que existia na natureza antes da Revolução Industrial e Tecnológica. Segundo ela, esta busca vem contra a tendência moderna de dominar ou melhorar a natureza, e se mostra como uma verdadeira revolução na interação Homem x Meio ambiente. “Essa respeitosa imitação é uma abordagem totalmente nova. Diferentemente da Revolução Industrial, a Revolução Biomimética inaugura uma era cujas bases assentam não naquilo que podemos extrair da natureza, mas no que podemos aprender com ela”, afirma.
A palavra que vem do grego bios (vida) e mimesis (imitação) resume o simples conceito da Biomimética: a natureza como inspiração inventiva. Apesar disso, a aplicação desta inovação é um pouco mais complexa e influencia diretamente nos hábitos da hum…

A Internet nos Tempos do Cólera

Imagem
Com base em fontes não oficiais da internet, como redes sociais e ‘sites’ de notícias, pesquisadores elaboraram um mapa epidemiológico do Haiti. Os dados fornecidos coincidiram em grande parte com as estatísticas oficiais, liberadas até duas semanas depois.
A internet e as redes sociais já mostraram potencial como espaço profícuo para manifestações sociais e luta política. Também têm ajudado a desvendar enigmas e acelerar o progresso da ciência por meio da construção de conhecimento colaborativo. Agora, uma pesquisa realizada no Haiti pela Universidade de Harvard sugere sua utilização, no futuro, como um importante indicador epidemiológico para o monitoramento de surtos e epidemias.  Em situações epidêmicas, a agilidade na obtenção de dados confiáveis de progressão da doença é fundamental para evitar o maior número possível de mortes. No entanto, as estatísticas oficiais costumam demorar dias para serem validadas e divulgadas. A análise do surto de cólera ocorrido no Haiti em 2010 mostr…

A Diminuição dos Peixes

Imagem
Pesca ultrapassa os limites da sustentabilidade e população de peixes diminui em 60%


Um novo estudo mostra que o impacto da pesca do atum e espécies semelhantes durante os últimos 50 anos diminuiu a abundância de todas essas populações por uma média de 60%. Especialistas acrescentam que a maioria dos peixes de atum tem sido explorada para além dos limites da sustentabilidade. O debate sobre o impacto da pesca nas espécies diferentes já dura 50 anos. As populações que tiveram sua abundância mais afetada foram os atuns de água fria, como o atum-rabilho, que diminuíram 80%. Essas espécies são grandes, de longa duração e de grande valor econômico. Cavala, um peixe menor com ciclo de vida mais curto, também experimentou uma redução significativa em abundância.Nos últimos 20 anos, houve uma redução de 90% na quantidade de cavalinhas, com estoques caindo de 30 milhões de toneladas a menos de três. De 2006 até 2011, a queda foi de 63%.  Essa informação sugere que a pesca pode ser uma ameaça a tod…