Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2018

Tem Física Quântica nas Cores das Penas dos Papagaios

Imagem
Pesquisadores neozelandeses analisaram a plumagem multicolorida do papagaio-de-nuca-amarela (Amazona auripalliata) com uma técnica chamada espectroscopia Raman e constataram que um pigmento chamado psitacofluvina confere as cores vermelhas ou amarelas às penas conforme a posição da "lacuna de energia" entre as moléculas do pigmento. Ao contrário de outras aves, as cores das penas dos papagaios não dependem de pigmentos derivados de alimentos consumidos em sua dieta e sim de fenômenos quânticos ainda pouco conhecidos.

Ao contrário de outras aves, as cores das penas dos papagaios não dependem de pigmentos derivados de alimentos consumidos em sua dieta. Em outras aves, as cores vermelhas e amarelas da plumagem são dadas por pigmentos chamados carotenóides, que vêm de alimentos. O exemplo clássico é o flamingo, que possui coloração rósea-avermelhada em função de sua dieta composta basicamente de camarão e algas. Em vez disso, os papagaios exibem as tonalidades quentes de sua p…

Visitando o "Dinoprata"

Imagem
O Museu Nacional reabriu no dia 19/07 a sala dos dinossauros e voltou a exibir a réplica do esqueleto do maior dinossauro já montado no Brasil, o Maxakalisaurus topai. Descrito em 2006, por Alexander Kellner e sua equipe, o maxacalissauro foi apelidado de "Dinoprata" em uma votação popular porque sua descoberta ocorreu no município de Prata, Minas Gerais, durante a construção de uma estrada  O nome Maxakalisaurus topai é uma homenagem ao grupo indígena dos maxacalis, que vivem no estado de Minas Gerais e têm Topa como uma de suas divindades.

No dia 19 de julho de 2018, o Museu Nacional da UFRJ, localizado na Quinta da Boa Vista, que fica no bairro de São Cristovão, reabriu a sala dos dinossauros e trouxe de volta para o local o maior dinossauro já montado no Brasil, o Maxakalisaurus topai. A reabertura da sala, uma das principais atrações do espaço cultural, faz parte das comemorações do bicentenário do Museu Nacional.  Descrito em 2006, por Alexander Kellner e sua equipe, o…

Para Muito Além da Metagenômica

Imagem
Uma equipe internacional de pesquisadores desenvolveu uma nova metodologia computacional que analisa o big data do microbioma humano (intestino e pele, por exemplo) e outros metagenomas (terra ou no mar, por exemplo). A nova ferramenta é capaz de examinar milhares de metagenomas e identificar o sinal evolutivo que pode prever a função de muitos genes microbianos. O método é baseado em um tipo especial de algoritmo de aprendizado de máquina e pode gerar "árvores de decisão", predizer centenas de funções genéticas diferentes ao mesmo tempo, encontrando ligações entre genes e ao mesmo tempo predizendo as funções que desenvolvem na célula microbiana.
Uma equipe internacional liderada pelo Instituto de Pesquisa de Barcelona (IRB Barcelona) gerou um algoritmo de aprendizado automático para prever funções genéticas desconhecidas de microrganismos. O sistema examina e compara o big data existentes de metagenomas de microbiomas humanos e ambientais. Essa descoberta permitiu que pesqu…

Por Dentro da Inteligência dos Papagaios

Imagem
Neurocientistas canadenses constataram que a impressionante convergência de habilidades cognitivas complexas encontradas entre papagaios e primatas é acompanhada por mudanças convergentes no tamanho de certas estruturas encefálicas. Entre as habilidades cognitivas complexas dos papagaios podemos citar: fabricação de ferramentas, auto-reconhecimento ao espelho, permanência de objeto, metacognição,  aprendizagem vocal e cognição social complexa. Segundo o estudo , os papagaios têm um telencéfalo relativamente grande, semelhante em tamanho aos primatas e, assim como nos primatas, acredita-se que essa expansão do telencéfalo reflita habilidades cognitivas. Embora aves e mamíferos compartilhem muitas semelhanças na estrutura cerebral, as vias cortico-cerebelares diferem acentuadamente entre os dois clados. 

Pesquisadores do Instituto de Neurociência e Saúde Mental da Universidade de Alberta, no Canadá, constataram que a impressionante convergência de habilidades cognitivas complexas aprese…

O Espetáculo das Batuíras

Imagem
A nidificação de duas espécies de batuíras interferiu na realização de dois grandes eventos mundiais a serem realizados neste ano. O primeiro, o Bluesfest, um dos maiores festivais de música do Canadá, teve as suas obras paralisadas por causa de um ninho com 4 ovos de batuíra (Charadrius vociferus) na área destinada ao público. O outro caso foi na Espanha: o local do Campeonato Espanhol de Surf de 2018, que seria realizado na praia de Doniños, foi alterado para evitar prejuízos às aves nidificantes do local, em especial os ninhos de Charadrius alexandrinus, outra espécie de batuíra.
Conforme noticiado pelo blogue A Passarinhológa, um dos maiores festivais de música do Canadá, o Bluesfest, teve que ser suspenso até que se consiga uma solução para um caso bastante inusitado: foi encontrado um ninho de batuíra (Charadrius vociferus) na área destinada ao público. A ave é protegida pelas leis canadenses e o seu ninho não pode ser retirado do local sem autorização do Governo federal. Os o…