Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2014

O Mundo Joga Comida Fora

Imagem
O mundo perde ou desperdiça até 33% dos alimentos que produz para o consumo, e estas perdas podem significar a diferença entre uma dieta adequada e a desnutrição em muitos países, aponta relatório do Banco Mundial divulgado no dia 27 de fevereiro de 2014. “Milhões de pessoas vão dormir com fome todas as noites em todo mundo, e ainda assim milhões de toneladas de alimentos terminam no lixo ou estragam a caminho do mercado”, disse Yong Kime, presidente da instituição, que qualifica a situação como vergonhosa. Em regiões onde a desnutrição é comum, como na África e Sul da Ásia, as perdas de alimentos se traduzem em 400 a 500 calorias por dia, por pessoa. No mundo desenvolvido, o desperdício pode ser de 700 a 1500 calorias/dia. Cereais representam mais da metade da comida perdida ou desperdiçada, ou 53% em conteúdo de calorias. Por peso, frutas e vegetais respondem pela maior parcela da perda global de alimentos, destaca o banco. A produção de colheitas como a do milho teve um cresciment…

Os Elementos Químicos da Esquizofrenia

Imagem
Pesquisa nacional revela que níveis de zinco e potássio nas células cerebrais estariam ligados à esquizofrenia, um transtorno mental caracterizado principalmente pela alteração no contato com a realidade
Pesquisadores brasileiros conseguiram revelar pela primeira vez que as células cerebrais vivas de uma pessoa diagnosticada com esquizofrenia apresentam níveis elevados de dois elementos químicos — potássio e zinco — que podem ser revertidos com o uso de medicamentos. A descoberta abre caminho para uma melhor compreensão das causas desta síndrome mental, assim como para o desenvolvimento de novos tratamentos. Embora há algum tempo os cientistas desconfiassem que concentrações anormais destes e outros elementos, como cobre, selênio e manganês (que em quantidades muito pequenas são essenciais para o bom funcionamento das células), estivessem relacionadas ao aparecimento da esquizofrenia, os estudos anteriores tinham sido feitos apenas em tecidos não neurais, como sangue, ou em análises d…

5 Doenças Transmitidas Pelo Beijo

Imagem
De acordo com uma infectologista de São Paulo, a troca de saliva possibilita que vírus e bactérias migrem de um para o outro e transmita doenças como gripe e hepatite A
Em época de Carnaval, em que o clima de paquera é mais intenso, Mariana Volpe Arnoni,infectologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, de São Paulo, alerta para o problema das doenças que são transmitidas pela troca de saliva. “Temos, pelo menos, cinco doenças relevantes que podem ser transmitidas pelo beijo.” No entanto, de acordo com a especialista, não é o beijo em específico o responsável pela transmissão. “Quando as pessoas se beijam, acontece uma troca de salivas, o que permite o contato com a doença”, explica. O vírus ou a bactéria, presentes na saliva e na secreção respiratória da pessoa infectada, entra então em contato com quem está saudável, contaminando seu organismo. “A própria tosse com gotículas de saliva do doente também pode contaminar.” Para evitar problemas, a médica orienta os foliões. “É i…

Morcegos Que São a Cara da Evolução

Imagem
As diferentes faces dos morcegos nariz-de-folha que habitam o continente americano são resultantes de um processo evolutivo de seus hábitos alimentares iniciado há milhões de anos
A bióloga Betsy Dumont e seus colaboradores resolveram estudar a estrutura da face dos morcegos nariz-de-folha do continente americano e relacioná-las com as adaptações alimentares desses animais ao longo do tempo. A matéria saiu na Popular Science este mês e é muito interessante. A maioria dos morcegos-nariz-de-folha são insetívoros, mas eles oferecem grandes exemplos de radiação adaptativa em mamíferos - bem como os tentilhões-de-Darwin das Ilhas Galápagos - cujos bicos variados oferecem uma bela visão do trabalho da seleção natural.
Morcegos trazem uma variedade deslumbrante de formas e tamanhos, o que representa uma das mais amplas variações entre todos os mamíferos - especialmente os morcegos nariz-de-folha do Novo Mundo. Estas criaturas são reconhecidas pelos apêndices semelhantes a chifres situados e…

Área Cerebral Exclusiva dos Humanos

Imagem
Cientistas identificam área do cérebro que só existe em humanos. Para chegar à descoberta, os cientistas analisaram imagens de ressonância magnética do cérebro de 25 participantes durante 20 anos.
Cientistas ligados à Universidade de Oxford, na Inglaterra, identificaram uma área do cérebro que parece ser exclusiva de humanos: não é encontrada em nenhuma outra espécie, nem em primatas. Chamada de polo lateral frontal do córtex pré-frontal, a região foi destaque nas páginas da revista especializada Neuron e é encarregada de raciocínios como o planeamento de medidas a serem tomadas futuramente, por exemplo. A referida região fica localizada dentro de uma outra região cerebral, maior, chamada de córtex ventrolateral frontal. Em estudos anteriores, essa região já foi ligada a aspectos cognitivos e de linguagem, e é presente apenas no homem e em primatas. O cientista Matthew Rushworth, um dos pesquisadores do estudo falou sobre a descoberta numa entrevista à imprensa. «Acreditamos que a cap…

Dados Florestais do Google Para Todos

Imagem
A Universidade de Maryland, o Google e outros parceiros disponibilizaram para download um conjunto de dados valiosos sobre cobertura florestal, o chamado mapa florestal global
A Universidade de Maryland, o Google e outros parceiros disponibilizaram para download um tesouro em dados de cobertura florestal. Os dados são a base do conhecido mapa florestal global, lançado no último ano. Até agora, os usuários podiam navegar no mapa para verem perdas e ganhos de cobertura florestal históricos, mas não podiam fazer download dos dados brutos. O conjunto de informações inclui registros de coberturas do dossel e de perdas e ganhos na extensão florestal entre 2000-2012, além de dados de perda florestal bruta em escala global. Embora o conjunto de dados esteja disponível em um formato que será provavelmente mais usado para conhecimento técnico, ele permitirá aos usuários criar mapas derivativos, visualizações e agregações. Por exemplo, uma agência do governo pode desenvolver estimativas anuais d…

O Mito da Cerveja Relaxante

Imagem
Segundo  nutróloga da Associação Brasileira de Nutrologia, cerveja não mata sede nem alivia tensão Etanol presente nos drinques eleva a pressão arterial e aumenta o suor; resultado é mais transpiração e, sem cuidado, o resultado pode ser desidratação e desmaio

Com os termômetros acima dos 35 graus no país inteiro neste verão, não tem pretexto melhor para um happy-hour regado a muita cerveja, certo? Errado. De acordo com a  médica nutróloga, Maria Del Rosário, diretora da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), bebida alcoólica como a cerveja não mata a sede e muito menos alivia a tensão. “Pelo contrário. O álcool desidrata ainda mais o organismo e, em excesso, ele ‘rouba’ vitaminas do corpo importantes para combater o estresse”, afirma a especialista. A explicação é fisiológica, esclarece Maria Del Rosário. Como a cerveja é metabolizada no fígado, o corpo gasta mais vitaminas do complexo B para concluir este processo.“São estes nutrientes que ajudam o organismo a lidar melhor com …

Como Voavam as Primeiras Aves?

Imagem
Uma nova espécie de ave fóssil achada em condições excepcionais de preservação permitiu a uma equipe internacional de paleontólogos explicar de que jeito provavelmente voavam as primeiras aves.
Após estudar um fóssil encontrado no nordeste da China, o qual data do período Cretáceo inferior (com aproximadamente 125 milhões de anos), uma equipe internacional de paleontólogos argumentou que as aves modernas desenvolveram padrões de voo muito mais cedo do que se pensava. A espécie, chamada de Hongshanornis longicresta,  teve 90% de seu esqueleto preservado, além de uma grande quantidade de detalhes sobre as asas e a cauda, ​​permitindo que os pesquisadores pudessem realizar a análise aerodinâmica e deduzir como era o seu provável voo. Segundo o estudo, publicado na revista de acesso livre PeerJ, o estilo de voo do  Hongshanornis é muito parecido com ao das aves modernas e como já se imaginava que seria o dos  primeiros vertebrados voadores, deslizando através do ar e evitando o bater rápi…

Informação X Conhecimento

Imagem
De acordo com Herton Escobar, o volume de informações disponível aumentou exponencialmente nos últimos anos, com o crescimento da internet e a disseminação das redes sociais. Como transformar tanta informação em conhecimento?
Herton Escobar, conhecido blogueiro do jornal O Estado de São Paulo, comenta sobre as relações entre a informação e o conhecimento nos dias atuais. Segundo ele, na era digital as informações chegam numa velocidade estonteante, mas pouca gente tem tempo suficiente para pensar sobre tanta coisa, estabelecer relações entre todas essas informações e aprender, de fato, alguma coisa com elas. E acrescenta: o tempo disponível para leitura e reflexão pode ter chegado ao limite. Para fundamentar os seus argumentos, Escobar utiliza como exemplo o resultado de uma enquete que vem sendo feita desde 1977 por pesquisadores do Centro de Estudos da Informação e Comunicação, da Universidade do Tennessee em Knoxville, sobre a capacidade dos cientistas de ler trabalhos científicos. …

Dois Orifícios Que Fazem a Diferença

Imagem
Cientistas espanhóis identificaram a presença de dois orifícios exclusivos nas vértebras da coluna cervical da espécie humana após realizarem o exame de centenas de colunas cervicais de outros primatas como gorilas, chimpanzés e lêmures
Pesquisadores espanhóis propuseram que a presença de dois orifícios localizados nos ossos da coluna cervical é uma característica exclusiva do gênero Homo, ou seja, só existe na espécie humana. Após observar a ausência desses orifícios nas vértebras de 161 colunas cervicais de 38 espécies de primatas não-humanos como gorilas, chimpanzés e lêmures, os pesquisadores constataram a exclusividade da estrutura. A pesquisa, além de fornecer dados para os estudos sobre a evolução dos hominídeos, pode ser de interesse para estudos clínicos e cirúrgicos da coluna cervical. Segundo Luís Rios, pesquisador do Departamento de Biologia da Universidade Autônoma de Madrid (UAM) e líder da pesquisa, esses orifícios são chamados de forames e servem para fazer a comunicaç…

Deprimidos Pelo Frio

Imagem
Em virtude dos rigores do inverno britânico, pinguins oriundos das costas geladas do Peru e do Chile não estão conseguindo se adaptar ao frio e estão sofrendo de depressão nos cativeiros na Inglaterra 
O jornalista ambiental José Eduardo Mendonça noticiou em seu blog hospedado na página do portal Planeta Sustentável da Editora Abril, que o inverno na Inglaterra este ano está tão rigoroso que até os pinguins estão se ressentindo da falta de sol e estão entrando em depressão.
Segundo ele, "os humanos têm muitos meios e modos de lidar com o desconforto, mas pinguins não podem simplesmente ir até o bar e tomar um uísque. Mesmo aqueles que vivem em relativo conforto em cativeiro estão sofrendo. Aqueles do Sea Life Center, em Scarborough, por exemplo, estão com depressão. Estes pinguins Humboldt deveriam ser capazes de se adaptar, já que seu habitat natural são as costas geladas do Perú e do Chile, com eventos extremos do tempo. Mas no terrível inverno britânico, eles não estão mais da…

Os Dinossauros Ainda Estão Por Aí!

Imagem
Descobertas recentes da ciência mostram que a relação entre dinossauros e aves é bem mais estreita do que se pensava. De forma menos glamourosa, esses répteis terríveis que fizeram sucesso no cinema, continuam vivendo entre nós.
Certamente não estou me referindo aos dinossauros-robôs, produtos da mecatrônica, que vocês já viram por aí em exposição de shopping-centers. Estou me referindo aos ancestrais diretos dos extintos dinossauros, répteis medonhos que dominaram o período Jurássico da Era Mesozóica. Das quase 10 mil espécies de aves que existem na natureza, todas são descendentes diretas dos dinossauros. O parentesco entre os dois é um fato bem conhecido da biologia.  A ideia de que as aves descendem dos dinossauros é quase tão antiga quanto a teoria da evolução das espécies, de Charles Darwin. Thomas Huxley, amigo de Darwin, pautou-se na semelhança do esqueleto de aves e dinossauros para, em 1870, sugerir a existência de um elo de parentesco entre eles. Foi necessário esperar 120 …

Aerodinâmica do Voo de Mergulho do Falcão Peregrino

Imagem
Cientistas alemães estudaram as características do voo de mergulho do falcão-peregrino utilizando aves treinadas para mergulhar na frente do muro de uma represa equipada  com aparelhos tecnológicos na Alemanha 
Cientistas alemães publicaram na PLoS ONE um estudo experimental em que analisam a aerodinâmica do voo de mergulho do falcão-peregrino (Falco peregrinus). Para realizar tal investigação, os pesquisadores utilizaram falcões adultos, treinados para mergulhar diante de uma barragem vertical de 60 metros onde foram posicionados equipamentos de alta tecnologia para realizar a análise dos parâmetros de voo. As trajetórias de voo foram obtidas com um sistema de câmera estéreo de alta velocidade. Além disso, as imagens do corpo do falcão foram tomadas a partir de duas perspectivas com uma câmera digital de alta resolução. A cor da parede da represa também foi importante na hora de combinar as imagens de alta resolução obtidas a partir da câmera digital com as imagens correspondentes ti…

Erros Cometidos em Nome da Saúde

Imagem
Comer três vezes por dia, não abusar da gordura e fazer exercícios. Isso parece ser o suficiente para uma vida saudável. Mas preocupar-se com a saúde pode ser uma tarefa bem mais difícil do que se imagina.

Numa matéria de 2012, a revista Superinteressante listou os 10 erros que as pessoas cometem em nome da saúde. Ás vezes. levar uma vida saudável não é uma tarefa das mais fáceis. E sabe por que? Devido aos muitos conceitos equivocados que adquirimos ao longo do tempo e tomamos como verdade inquestionáveis. Uns até muito bem fundamentados cientificamente. Vamos à lista da Super com os 10 erros cometidos em nome da saúde: 1. Deixar o sono em segundo plano
2. Apostar todas as fichas na academia 3. Ignorar as informações nutricionais 4. Pensar que alimentos orgânicos são sempre mais saudáveis 5. Adiar os exames de rotina 6. Montar sua própria dieta 7. Acreditar que salada é sempre a melhor opção 8. Substituir a água por outras bebidas 9. Consumir doses grandes de vitaminas e suplementos 10. Esquece…