Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Proteoma: O Novo Desafio da Biologia

Imagem
Os cientistas acreditam que as maiores descobertas para as pesquisas médicas virão do estudo das proteínas. O estudo da estrutura tridimensional das proteínas vem ganhando espaço em várias instituições mundiais de pesquisa
O conjunto de proteínas que se produzem em um momento determinado e sob determinadas condições em uma célula específica é chamada de proteoma. No caso do organismo humano, por exemplo, calcula-se que são sintetizadas cerca de 100 mil proteínas, com diferentes funções. De uma forma simplificada, o proteoma poderia ser considerado o equivalente protéico ao genoma - o conjunto de genes de qualquer ser vivo. Como o genoma humano possui um número muito menor de genes do que os cientistas imaginavam inicialmente, acredita-se que as maiores descobertas para as pesquisas médicas virão do estudo das proteínas e não propriamente dos genes. Na verdade, o que define as propriedades de qualquer ser vivo não é exclusivamente o DNA, e sim as proteínas codificadas por ele. Por isso…

A Carne de Laboratório é Confiável?

Imagem
No futuro poderemos comer carne sem matar animais, reduzindo os impactos ambientais da pecuária. Segundo pesquisador, ausência da gordura interfere no paladar, mas consistência e o sabor estão muito próximos da carne bovina normal. Mas, será que essa carne é 100% confiável.
Cientistas holandeses apresentaram em Londres no dia 5 de junho de 2013, o primeiro hambúrguer criado em laboratório a partir de células-tronco bovinas. A degustação foi transmitida ao vivo em um estúdio de televisão. Para preparar a carne, os cientistas misturaram a carne com outros ingredientes normalmente usados em hambúrgueres, como sal, ovo em pó e farinha de rosca. Além disso, suco de beterraba vermelha e açafrão foram adicionados para dar uma cor mais natural ao produto.
A iguaria talvez não seja a mais saborosa do gênero, mas, certamente, é a mais custosa: foram necessários dois anos de pesquisa e 325 mil dólares para se chegar a esse único e histórico sanduíche. A técnica está longe de se tornar viável com…

Perfil das Aves da Mata Atlântica

Imagem
A mais atualizada e completa radiografia da diversidade de aves que vivem em áreas remanescentes da mata atlântica acaba de ser concluída. Novo levantamento aponta a existência de 891 espécies de aves no bioma, um quarto delas ameaçadas de extinção
Sob a supervisão de Luís Fábio Silveira, curador da coleção de ornitologia do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (MZ-USP), o ornitólogo Luciano Lima, 29 anos, produziu um levantamento de mais de 500 páginas no qual lista todas as espécies de aves conhecidas do bioma, fornece um resumo de suas principais características e de seus locais de ocorrência e atualiza seu status de conservação (se ameaçadas ou não de extinção). O trabalho consumiu cinco anos de revisão da literatura científica e visitas a quase todos os estados com trechos de mata atlântica. Os grandes números do mapeamento, que reforçam a importância desse bioma para o mundo das aves, são reveladores. A mata atlântica apresenta 891 espécies de aves, cerca de 45% de to…

Gordofobia

Imagem
Obesos são vistos como pessoas gananciosas, sem autocontrole, desorganizadas, até grotescas.
Muitas  desenvolvem um sentimento de rejeição pela obesidade mais pelos aspectos estéticos e comportamentais do que pelo risco médico. 
No Brasil, o SUS gasta R$ 488 milhões anuais com tratamentos contra a obesidade. Segundo dados do Ministério da Saúde divulgados em agosto de 2013, 51% dos brasileiros estão acima do peso (sendo 17% obesos). Em 2011, eram 48%. Campanhas por uma alimentação saudável e uma redução de peso são uma necessidade. O problema é que às vezes elas favorecem o aumento do preconceito. "Muitas pessoas desenvolvem um sentimento de rejeição pela obesidade mais pelos aspectos estéticos e comportamentais do que pelo risco médico", diz o endocrinologista Lício Veloso, professor da Unicamp e pesquisador de mecanismos da obesidade. Em novembro de 2013, a revista Superinteressante (Editora Abril, nº325) publicou uma matéria cujo título era "Onde os gordos não tem vez…

"Cobras Voadoras"

Imagem
Apesar de soar estranho, existem cobras consideradas voadoras. Elas não possuem asas ou braços, mas são os únicos animais nessas condições que conseguem planar no ar por distâncias de até 100 metros. Esse movimento desperta a curiosidade de muitas pessoas e gerou muito interesse dos cientistas
Todo mundo se pergunta se existem realmente cobras voadoras ou se tudo não passa de mais uma montagem fantástica desses vídeos especialmente produzidos para "bombar" na internet. Embora já conheça o famoso ditado "Deus não dá asa à cobra", também fiquei intrigado com um vídeo que assisti na rede e fui atrás de respostas. Encontrei no siteMundo Estranho da Editora Abril. Veja a resposta que eles deram para a pergunta "É verdade que existem cobras voadoras?'
" Algumas serpentes realmente são chamadas assim, mas, na verdade, elas não voam e sim planam. Essas espécies de cobras, encontradas apenas nas florestas tropicais do Sul e Sudeste da Ásia, são capazes de perc…

Reconhecimento Biométrico: Você É Sua Senha

Imagem
Em muitas áreas a biometria está alterando processos e a vida das pessoas. A comodidade da identificação biométrica está sendo um alento para a vida atarefada e superconectada de hoje. Porém, apesar de precisa, a identificação biométrica não é 100% infalível
Não tem coisa que eu gosto mais de fazer do que garimpar artigos sobre assuntos científicos na internet. E  numa dessas "garimpagens", me deparei com uma matéria preciosíssima que saiu na edição 495 da Revista Planeta (Março de 2014). O assunto tratado é o reconhecimento biométrico, ou simplesmente, biometria. Segundo a revista, "o uso do reconhecimento biométrico está mudando processos tradicionais e, consequentemente, a vida das pessoas. Mas a biometria também pode engrossar a polêmica sobre os limites da privacidade." Você confia inteiramente na identificação biométrica? Separei alguns trechos da matéria para te deixar bem por dentro do assunto. Veja a seguir. " Em questão de segundos, dispositivos mode…

História da Repressão Sexual no Brasil

Imagem
De acordo com historiador, o machismo que impera na sociedade brasileira atual é uma herança da cultura da virilidade e da forte repressão da liberdade sexual indígena e africana pela Igreja durante o nosso Período Colonial 
Luiz Mott , professor da Universidade Federal da Bahia e autor do livro O sexo proibido: virgens, gays e escravos nas garras da Inquisição (Papirus, 1989), escreveu um artigo para a Revista de História da Biblioteca Nacional (nº 100), intitulado "Proibido ter prazer", o qual sintetiza toda a história da repressão sexual em nosso país. Segundo o autor, a cultura da virilidade e a forte repressão da Igreja no Período Colonial sufocaram a liberdade sexual indígena e africana, dando origem ao Brasil machista que conhecemos hoje. Vejamos alguns trechos do artigo do professor Luiz Mott. "A sexualidade humana é sempre uma construção cultural, e a do povo brasileiro resulta da conjunção de três matrizes. O modelo sexual hegemônico dos donos do poder fundava-…

Um Mascote Desprestigiado

Imagem
Ser mascote da Copa trouxe poucos resultados para preservação do tatu-bola até agora
Quando saiu a decisão de que o tatu-bola seria o mascote da Copa de 2014, defensores da espécie acreditaram que seria o trampolim para mais conscientização e medidas de proteção do mamífero, que corre o risco de desaparecer. Porém apesar de o animal ser protagonista das publicidades do Mundial, poucas ações concretas foram realizadas para preservá-lo. A única, até o momento, foi o anúncio de que deve ser lançado um plano nacional de conservação do tatu-bola, com duração de cinco anos. Inicialmente, os cientistas vão aprofundar os estudos sobre o mamífero – embora ele seja um dos mais emblemáticos do país, é pouco conhecido. O animal vive exclusivamente na caatinga e no cerrado brasileiros. “A gente tem pouquíssimas pesquisas, que sequer indicam informações como qual é a distribuição do tatu-bola no território nacional. Indicações disso foram feitas por expedições antigas e naturalistas. A população at…

Sobre a Inteligência das Plantas

Imagem
Pesquisadores de diversas partes do mundo desvendam o mecanismo da inteligência vegetal e mostram como as plantas passaram a dividir com os animais o status de criaturas autônomas e sensíveis

No final da semana passada (08/03/2014) saiu uma matéria na revista Veja trazendo novidades sobre a inteligência das plantas. Segundo a revista, pesquisas recentes mostram que as plantas têm linguagem, memória, cognição e são capazes de fazer escolhas. Mas do que simplesmente causar polemica, a matéria revela que instituições científicas de renome como a Universidade da Califórnia e a Universidade de Washington, nos Estados Unidos, o Instituto Max Planck e a Universidade de Bonn, na Alemanha, a Universidade de Lausanne, na Suíça têm procurado dar atenção ao um ramo de estudo recentemente batizado de neurobiologia vegetal.
"Nos últimos meses, diversos estudos, publicados em revistas científicas como Nature, Science ou Plos One têm demonstrando o funcionamento dessas até então desconhecidas ha…

A Urina Verde de Amsterdã

Imagem
Coletores de urina foram colocados nas praças públicas de Amsterdã (Holanda) com a finalidade de recolher o xixi dos doadores e transformá-lo em fertilizante para o solo
Administradores da empresa responsável pelo abastecimento de água em Amsterdã,Waternet, lançaram uma campanha para transformar a urina da população em adubos orgânicos .Essa prática é muito comum entre agricultores e inspirou a ideia que foi apresentada durante a Semana Internacional da Água, que aconteceu na capital holandesa no final de 2013.  A urina humana é rica em nitrogênio, fósforo e potássio e esta também é a composição de muitos fertilizantes químicos. Só que, segundo alguns cientistas, essas substâncias – principalmente o fósforo – serão escassas no meio ambiente dentro de 50 a 100 anos. Coletores de urina foram colocados em praça pública para receber doação de voluntários e testar a possibilidade de reúso. O plano era processar o material ali mesmo para aplicar em campos, jardins e telhados verdes. Só com …

Criaturas dos Nossos Sonhos e Pesadelos

Imagem
Fotógrafo russo captou imagens de poliquetos, vermes marinhos parentes das minhocas terrestres. Vistos assim tão de perto, esses animais se parecem com aquelas criaturas que povoam os nossos sonhos e, principalmente, nossos pesadelos
O fotógrafo russo Alexander Semenov lançou recentemente uma série incrível de novas fotos de vermes marinhos , muitos dos quais ainda são completamente desconhecidos para a ciência. Metade das fotos foram tiradas na Estação de Pesquisa Lizard Island , perto da Grande Barreira de Corais na Austrália, durante uma conferência de duas semanas sobre vermes marinhos chamados poliquetos. Semenov fotografou 222 espécies de vermes diferentes, os quais estão agora em vias de ser estudados e documentados pelos cientistas. A outra metade das fotos foram tiradas durante a rotina normal de trabalho de Semenov na Estação Biológica do Mar Branco , no norte da Rússia, onde ele é chefe da equipe de mergulhadores científicos. Confira algumas fotos:






Fonte: Colossal

Comércio Ilegal de Fósseis no Brasil

Imagem
O Brasil resolveu tomar medidas mais duras para combater o comércio ilegal de fósseis no país. Fósseis raros, como este pterossauro da foto, são regularmente apreendidos por autoridades policiais
Segundo uma notícia publicada na página da revista Nature no dia 4 de março de 2014, treze pessoas estão relacionadas para ir a julgamento no Brasil pelo contrabando de fósseis para fora do país, supostamente para colecionadores particulares e museus na Alemanha e no Reino Unido. As prisões, que se seguiram à apreensão de cerca de 1.000 fósseis por autoridades francesas em outubro, são parte de um esforço crescente das autoridades brasileiras para reprimir o comércio ilegal de fósseis. Embora a polícia não divulgou os nomes dos acusados, as autoridades dizem que um, de nacionalidade alemã, trabalha para museus paleontológicos nos Estados Unidos, Europa e China. Se condenados, alguns dos indivíduos podem pegar até  20 anos de prisão. O caso, que ainda aguarda a data do julgamento, reabriu o de…

A História da Eugenia no Brasil

Imagem
No início do século 20, muitos cientistas brasileiros foram influenciados pelas ideias eugenistas de Galton. Revestidas de preconceitos, as ações eugenistas visavam, sobretudo, o"branqueameneto" da população brasileira
O termo eugenia, que significa literalmente, “de boa origem” foi introduzido em 1883 por Francis Galton, primo e amigo de Darwin. A palavra simbolizava a crença de que a evolução humana deveria ser acelerada artificialmente, via seleção genética e controle da reprodução. No início do século 20, cientistas e intelectuais do mundo inteiro foram seduzidos por essa ideia. E se você é daqueles que acham que a "limpeza racial" só existiu no Nazismo está muito enganado. À época, muitos cientistas brasileiros foram influenciados pelas ideias eugenistas. Felizmente, dessa vez, no Brasil, a eugenia não saiu do papel. Mas, até caírem no esquecimento, os eugenistas brasileiros foram muito populares e conseguiram até mudar a Constituição. Segundo a edição 265 da…

Suspeita de Vida Em Lua de Júpiter

Imagem
Nasa anuncia para a próxima década missão para uma das luas de Júpiter chamada Europa. Segundo os cientistas há possibilidade de vida neste satélite.
A agência espacial americana, Nasa, anunciou planos de enviar uma missão não tripulada a Europa, a lua de Júpiter coberta de água e apontada por cientistas como um local onde pode haver vida. A Nasa já separou US$ 15 milhões em sua proposta de orçamento para 2015 para iniciar o projeto. O lançamento da missão deve ocorrer, porém, só após 2020. O administrador da agência, Charles Bolden, fez o anúncio da missão. A pedido do governo americano, a Nasa apresentou o orçamento para o ano fiscal de 2015 já prevendo este projeto. Bolden destacou que no ano que vem a Nasa continuará a desenvolver "missões científicas que irão longe em nosso sistema solar, revelarão aspectos desconhecidos de nosso universo e fornecerão conhecimentos importantes sobre nosso planeta." "Estão incluídas verbas para missões para Marte e a formulação (de …

Meio Crocodilo, Meio Tubarão

Imagem
Torvoneustes coryphaeus foi um predador voraz que habitou os oceanos durante o período Jurássico Superior. O animal tinha patas transformadas em nadadeiras e cauda adaptada à natação, semelhante à de um tubarão
Pesquisadores do Brasil e da Grã-Bretanha publicaram na revista científica Zoological Journal of the Linnean Society a descrição de uma nova espécie de crocodilo marinho que viveu no período do Jurássico Superior, há aproximadamente 155 milhões de anos. Batizada de Torvoneustes coryphaeus, o animal era parecido com um crocodilo, mas com patas em forma de nadadeiras e cauda semelhante à dos tubarões. De acordo com Marco Brandalise de Andrade, coautor do estudo que foi realizado durante seu pós-doutorado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFSGS), a descrição da nova espécie só foi possível graças à descoberta de um fóssil bem conservado do crânio e de parte da mandíbula do animal, que se encaixa no já conhecido gênero Torvoneustes. O fóssil do animal, que poderia med…