Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2017

A "Sala das Moscas" de Thomas Morgan

Imagem
Para acrescentar novos elementos aos estudos sobre os fatores hereditários postulados por Mendel, o cientista estadunidense Thomas H. Morgan (1866-1945) montou em seu laboratório uma sala das moscas. A sala consistia numa coleção de garrafas de leite tapadas com estopa que servia como criadouro de moscas da espécie Drosophila melanogaster, mais conhecidas como moscas-das-frutas. A “Sala das Moscas” teve grande importância para história da biologia onde conseguiram esclarecer vários fatos da ciência como herança ligada ao sexo, mapeamento gênico, epistasia e os alelos múltiplos. 
A história do desenvolvimento científico nem sempre está permeada de descrições de laboratórios glamurosos, impecáveis e automatizados. Nas primeiras décadas do século 20, o zoólogo estadunidense Thomas Hunt Morgan (1866-1945) fez uma série de estudos buscando resposta para um dos grandes problemas científicos daquela época: encontrar os "fatores hereditários" postulados pelo monge agostiniano Gregor…

O Pterossauro Gigante da Transilvânia

Imagem
Fósseis de um pterossauro gigante encontrado por pesquisadores britânicos na Transilvânia (Romênia) sugerem que esses animais voadores eram bem diversificados. Ao contrário dos pterossauros comuns, estes possuíam um pescoço curto e grosso, com ossos largos e esponjosos, o que lhes conferiam uma aparência mais forte; a boca era bem maior do que a dos outros pterossauros, o que lhe permitia devorar presas bem maiores, além de uma musculatura e de asas e pernas muito mais fortes
Pesquisadores britânicos encontraram fósseis de um pterossauro gigante na região da Transilvânia na Romênia. Segundo eles, o pterossauro achado é bem diferente dos outros já descobertos ao redor do mundo. Batizado de Hatzegopterix ( família Azhdarchidae), o fóssil é bastante diferente dos demais: tem um pescoço curto e grosso, com ossos largos e esponjosos, o que lhe confere uma aparência mais forte; a boca era bem maior do que a dos outros pterossauros, o que lhe permitia devorar presas muito maiores, além de um…

A Estabilidade do Paradigma Darwiniano

Imagem
Poucas teorias científicas permaneceram estáveis ao longo do tempo como a teoria da evolução por meio da seleção natural, proposta pelo naturalista britânico Charles Darwin (1809-1882) nos meados do século XIX. Apesar das inúmeras tentativas de refutação, o paradigma darwiniano encontra-se solidificado nos dias atuais e tem permitido a unidade e a coerência entre as diversas áreas da biologia, algo difícil de ser observar nas ciências naturais. 
Passados mais de 150 anos desde a publicação da primeira edição de A Origem das Espécies, a teoria proposta pelo naturalista britânico Charles Darwin (1809-1882) ainda permanece ilesa e fortificada apesar das inúmeras tentativas de refutação a que foi submetida ao longo do tempo. De acordo com o médico psiquiatra, antropólogo e professor universitário português António Bracinha Vieira, a teoria de Darwin "conseguiu algo extraordinário e único no mundo científico: ao longo de um século e meio foi englobando, sintetizando e dando sentido a …

Quem Quer Ser um Cientista?

Imagem
O cotidiano de um cientista é muito trabalhoso e as recompensas são mais intelectuais do que materiais. O cientista lida o tempo todo com frustrações, seja na forma de experimentos que dão errado, seja nos entraves burocráticos, entre outras mazelas. O livro "Sobrevivendo na Ciência" do professor Marco Aurélio Ribeiro de Mello, da UFMG, escrito no formato e-Book, traz conselhos práticos para graduandos e pós-graduandos que desejam tornar-se cientistas, além de conselhos voltados para recém-doutores que estão começando a fase independente da carreira acadêmica.
Apesar de não existir a profissão de cientista no Brasil, conheço várias pessoas que gostariam de ser cientista...e no Brasil. Embora essas pessoas não saibam, o dia a dia de um cientista é muito duro, a competição por verbas e emprego é brutal e os salários são bem piores do que em outras carreiras de alto nível. Fiquem cientes também de que não fazemos ciência para salvar o mundo, enriquecermos ou ficarmos famosos, a…

Carl Sagan Tinha Razão: Somos Feitos de Matéria Estelar

Imagem
Utilizando técnicas modernas de espectroscopia, astrônomos comprovaram a afirmação do astrônomo Carl Sagan (1934-1996) de que somos feitos de material estelar. Um catálogo com a medição da composição de 150 mil estrelas feito recentemente pelos cientistas demonstrou a presença dos elementos CHNOPS (carbono, hidrogênio, nitrogênio, oxigênio, fósforo e enxofre), constituintes essenciais de toda a matéria viva encontrada na Terra.
No início de 1980, o astrônomo Carl Sagan (1934-1996), provavelmente o maior divulgador científico de todos os tempos,  escreveu e narrou uma série de televisão de 13 partes chamada "Cosmos" que foi ao ar na PBS, uma rede de televisão estadunidense de caráter educativo-cultural. No programa, Sagan explicava muitos tópicos relacionados com a ciência, incluindo a história da Terra, evolução, a origem da vida e do sistema solar. Em um desses episódios, o astrônomo declarou que o nitrogênio em nosso DNA, o cálcio em nossos dentes, o ferro em nosso sangue,…

Até Seis Meses Para Sair do Ovo

Imagem
Pela análise de dentes embrionários de fósseis, pesquisadores norte-americanos chegaram à conclusão que os dinossauros não-avianos levavam até 6 meses para serem chocados. Este período de incubação prolongado seria mais uma explicação para a rápida extinção dos dinossauros e para a proliferação das aves atuais, dos outros répteis e dos mamíferos após o declínio dos dinossauros
Ao analisar dentes de embriões de dinossauros fossilizados, pesquisadores norte-americanos constataram que os ovos destes animais levavam de 3 a 6 meses para eclodir. Ao contrário do que se pensava, o período de incubação dos dinossauros não-avianos ( ou seja, os mais típicos) era mais parecido com o dos répteis atuais do que com o das aves. Além disso, o trabalho sugere que uma longa incubação poderia ter afetado a capacidade de dinossauros para competir com populações de aves, de outros répteis e mamíferos, que se multiplicaram rapidamente após o evento de extinção em massa que ocorreu há 65 milhões de anos. C…

Juliano Moreira: Brasileiro, Médico, Negro e Cientista

Imagem
Considerado o fundador da psiquiatria no Brasil, o médico baiano Juliano Moreira (1872-1933) era mulato, de família pobre e ferrenho opositor ao pensamento vigente de que a mistura de raças era responsável pela degeneração do povo brasileiro.  Como diretor do Hospício Nacional dos Alienados (RJ),  Moreira humanizou o tratamento e acabou com o aprisionamento dos pacientes. Aboliu os coletes e camisas-de-força, retirou as grades e derrubou os quartos de isolamento. Sua extensa obra escrita abrangeu várias áreas de interesse; publicou estudos nas áreas de sifiligrafia, dermatologia, infectologia e anatomia patológica; discutiu a nosografia psiquiátrica e estudou as histórias da medicina e da assistência psiquiátrica no Brasil.

Considerado o fundador da psiquiatria no Brasil, o médico baiano Juliano Moreira (1872-1933) não tinha as características idealizadas da profissão: era mulato, de família pobre e ferrenho opositor ao pensamento vigente de que a mistura de raças era responsável pel…