Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2010

Hanseníase: Um Mal Que Persiste

Imagem
Brasil, Nepal e Timor Leste são os 3 países do mundo com os maiores índices de pacientes portadores de hanseníase. No ano passado foram registrados 38 mil casos da doença. Atualmente a OMS (Organização Mundial de Saúde) classifica a hanseníase como sendo uma doença negligenciada, ou seja, é uma doença que existe, todos sabem que existe, mas pouco é feito para prevenir. Conhecida também pelo nome de lepra, a hanseníase é causada por uma bactéria chamada Mycobacterium leprae ( também conhecida como bacilo de Hansen ) e pode ser ou não contagiosa. O que vai determinar isso é se o paciente está ou não em tratamento. Em homenagem ao médico norueguês Gerhard Armauer Hansen (1814-1912), que fez importantes estudos dessa doença, identificando, em 1874, o bacilo causador da infecção, a doença recebeu o nome de hanseníase. Há 3 anos, a Febrafarm (Federação Brasileira da Indústria Farmacêutica) criou o projeto Carreta da Saúde, hoje encampada pelo Laboratório Novartis ( que investe no projeto 380…

Estranhos Nos Formigueiros

Imagem
Colônias de formigas lava-pés também albergam outras espécies de invertebrados, como besouros, lacraias, ácaros e até artrópodes que permaneciam desconhecidos. Os estranhos no ninho usam um ‘disfarce químico’ para passarem despercebidos.
As formigas lava-pés (Solenopsis sp), também chamadas de formigas de fogo, são conhecidas pela dolorosa ferroada. Apesar da fama de agressivos, esses animais são capazes de conviver pacificamente com outros invertebrados dentro de seus próprios formigueiros. A descoberta é de pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Rio Claro, que encontraram em colônias uma vasta biodiversidade de organismos — muitos deles de espécies raras ou desconhecidas —, incluindo besouros, lacraias, ácaros, traças, moscas, percevejos, aranhas, cupins e até outras formigas. Para não serem reconhecidos, é comum os inquilinos adotarem uma espécie de ‘disfarce químico’, usando ceras das formigas hospedeiras. Segund…

Insulina Contra A Doença de Alzheimer

Imagem
Na Doença de Alzheimer, áreas do tecido cerebral são danificadas e algumas mensagens não são transmitidas, causando os sintomas da doença, caracterizada principalmente pela perda progressiva da memória
Nos Laboratórios de Doenças Neurodegenerativas e deNeurobiologia da Doença de Alzheimer do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ, pesquisadores descobriram que a administração de insulina  em neurônios, associada à rosiglitazona, um medicamento utilizado no tratamento de pacientes com diabetes tipo 2, pode ser uma arma valiosa no combate à doença de Alzheimer, ainda sem cura. Testes de laboratórios conduzidas pela bióloga e neurocientista Fernanda De Felice e pelo bioquímico e também neurocientista Sérgio Teixeira Ferreira, revelaram que a experiência efetivamente evita a progressão da degeneração dos neurônios. Ao longo dos últimos 5 anos, os cientistas já vinham relacionando a doença de Alzheimer ao desenvolvimento de diabetes tipo 2. Evidências epidemiológicas indicavam que, do ponto …

A Ciência De Coisas Que Não São Bem Assim

Imagem
'Dragões', criaturas míticas atrativas porém perigosas, aqui denominam as teorias científicas erradas que conseguem conquistar adeptos antes de serem desmentidas


A ciência é baseada na experimentação, com a teoria desempenhando papel na produção de um quadro composto, consistente com o máximo de resultados possível. Novas ideias, experimentos e resultados são julgados com base no cenário aceito em dado momento.
É essencial, caso se queira que o entendimento de um assunto seja ampliado, que o cenário aceito seja desafiado de modo inovador e tantas vezes quanto possível. Está também claro que novas ideias – às vezes, parecendo inicialmente ir contra o cenário aceito – devam ser levadas à frente e consideradas por seus méritos.
Na prática, porém, a ciência tem que enfrentar o problema de como lidar com ideias dissidentes e com o desafio de separar especulações e afirmações incoerentes – que aqui denomino ‘dragões’, criatura mítica, atrativa, mas perigosa – de outras que, apesar d…

Adolescência: Hormônios À Flor Da Pele

Imagem
GERAÇÃO TOTAL FLEX Fazer experiências com meninos e meninas faz parte do processo de formação da identidade dos adolescentes de hoje. Ilustração: Daniella Domingues
No trabalho Três Ensaios sobre uma Teoria da Sexualidade, o fundador da psicanálise, Sigmund Freud (1856-1939), mostrou a importância do tema para a formação do psiquismo humano. Ele escreveu que é por meio do prazer que sente nas várias partes do corpo que a criança organiza a própria existência. Na adolescência, com a explosão hormonal, o prazer deixa de existir apenas em relação a si mesmo e passa a se dirigir ao outro e a depender de seu olhar. "É uma transição delicada, já que o jovem experimenta a sensação de luto por perder o corpo de criança, sobre o qual tinha controle e com o qual sabia se comportar. Quando isso ocorre, ele precisa aprender a lidar com o desejo e uma nova sexualidade que desponta, o que acaba provocando um turbilhão de sensações desconhecidas", explica Roberto Graña, psicanalista e autor …

Tecnologia Ao Alcance das Mãos

Imagem
Indivíduos que se acidentaram e perderam parte do movimento das mãos podem recuperar parte de sua autonomia com uma tecnologia desenvolvida na UFMG.
Uma tecnologia criada na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) promete devolver parte da autonomia às vítimas desse tipo de acidente. Um grupo de pesquisadores criou um equipamento que permite ao usuário recuperar o movimento de abrir e fechar as mãos. A órtese de mão – nome técnico do equipamento – é similar a uma luva e possui dispositivos eletrônicos que agem como os tendões dos dedos e do antebraço.Os movimentos desses tendões artificiais são determinados por sinais emitidos por algum par de músculos ativos do usuário, como os dos ombros, por exemplo, onde são colocados eletrodos que captam esses estímulos. Assim, quando o paciente contrai esses músculos, os tendões da luva se fecham; quando eles são relaxados, a mão pode se abrir. Os sinais emitidos pelos músculos são captados por sensor ligado a um pequeno motor que aciona os ten…

Ainda Distantes da Vacina Anti-Aids

Imagem
Apesar dos avanços conquistados na pesquisa de tratamentos contra a Aids nos últimos anos, cientistas ainda estão longe de produzir uma vacina eficaz para combater a doença. A avaliação é da médica francesa Françoise Barre-Sinoussi, prêmio Nobel de Medicina em 2008 e uma das descobridoras do HIV, vírus causador da doença. Ela informou isso ontem (18/07/2010) em Viena (Áustria) na abertura da 18ª Conferência Mundial sobre a Aids, que termina nesta sexta-feira (23/07/2010). A médica, porém, ressalta que o trabalho realizado até agora para descobrir uma vacina não foi em vão, pois aumentou o conhecimento a respeito da Aids e do vírus HIV. Segundo a ONG Aliança Internacional/Aids, o custo anual de combate deve atingir 35 bilhões de dólares em 2030 caso os governos não desenvolvam políticas eficazes de prevenção.

Detetives do DNA

Imagem
Assim como os detetives dos seriados policiais americanos, biólogos peritos analisam o DNA para encontrar pessoas desaparecidas ou resolver casos de paternidade discutida (Foto: CSI investigação criminal)
Longe de estar apenas na ficção retratada nos seriados policiais americanos, que apresentam peritos decifrando mortes misteriosas com o auxílio tecnológico de bancos  de dados de DNA, o uso da biologia molecular - um dos ramos atuais da genética forense - para elucidar crimes  não é novidade em outros países. Já no Estado do Rio de Janeiro, as aplicações  mais comuns dos exames de DNA priorizam a identificação dos desaparecidos, investigação de paternidade, além do levantamento do perfil genético das populações. No Rio, biólogos se dedicam as análises do DNA humano em duas instituições: o Instituto de Pesquisa e Perícias em Genética Forense da Polícia Civil (IPPGF) e o Laboratório de Diagnósticos por DNA  da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). A investigação de casos de d…

A Lei É Ser Feliz!

Imagem
Você está feliz com a Educação? Feliz com a Saúde? A Felicidade deixa de ser um conceito abstrato quando dá novo sentido a todos os direitos básicos de um cidadão, presentes no texto da atual Constituição. Uma sociedade mais feliz é aquela mais desenvolvida, em que todos têm acesso de qualidade  aos serviços públicos de educação, saúde, previdência social, lazer, cultura e muitos outros. Felicidade é mais que um sonho ou busca individual, é coisa séria. Japão e Coréia do Sul já colocaram felicidade na Constituição e no dia a dia de seus cidadãos. Agora é a nossa vez de ser mais feliz.
O texto acima faz parte da campanha da emenda constitucional pela felicidade, encabeçada pelo movimento Mais Feliz, o qual conta com o apoio da Associação Nacional dos procuradores da Justiça (ANPR), Associação nacional dos Defensores Públicos  Federais (ANADEF), entre outros. Diz a emenda: "Artigo 6- São direitos  sociais, essenciais à busca da felicidade, a educação, a saúde, o trabalho, a moradi…

O Mundo É Dos Insetos

Imagem
Entre os animais  conhecidos da ciência, os insetos são a maioria esmagadora. Os insetos, com 750 mil espécies conhecidas, constituem  a dinastia inconteste dos animais pequenos  e médio pequenos da Terra, e ocupam essa posição desde o final do Período Carbonífero, há mais de 300 milhões de anos. Seus co-regentes do reino vegetal têm sido há 150 milhões de anos as angiospermas , as plantas floríferas, que abrangem cerca de 250 mil espécies, 18% do total de todos os organismos conhecidos. A imensa diversidade conjunta de insetos e plantas floríferas não é acidental. Os dois impérios são unidos por intricadas simbioses. Os insetos consomem todas as partes anatômicas das plantas e habitam cada um de seus cantos e recantos. Uma grande parcela das espécies de plantas depende dos insetos para polinização e reprodução. Derradeiramente, devem a eles a sua vida, pois os insetos revolvem o solo em torno de suas raízes e decompõem tecidos mortos transformando-os nos nutrientes necessários para qu…

Educação: Em Busca Do Tempo Perdido

Imagem
O panorama traçado pelo cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para todo o país em 2009 traz uma notícia ruim e duas boas. A negativa não surpreende: na média, continuamos deficientes, principalmente no ensino público, em que os alunos, em geral, ainda estão muito distantes de um estágio razoável de aprendizado, capaz de dar esperanças concretas de que o país será mais competitivo no mundo globalizado, onde conhecimento é fator-chave de produção. A primeira constatação positiva é que a situação já foi pior. Nos anos iniciais do ciclo básico, da 1ª à 5ª série, a nota média foi de 4,6, um ponto maior que o resultado de 2005. Avança-se, portanto, em direção à meta estabelecida para 2021 de o Brasil chegar à nota 6, alcançada por países desenvolvidos em 2003, numa avaliação da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Os objetivos fixados para 2009 foram alcançados; em alguns casos, ultrapassados. Começa a dar resultado, portanto, a política d…

Conhecendo a Bioinformática

Imagem
Em 1988 o governo americano lançou o primeiro banco de dados público contendo sequências de DNA dos mais diversos organismos. Este repositório de seqüências recebeu o nome de Centro Nacional para Informação em Biotecnologia (NCBI-National Center for Biotechnology Information). Hoje, este centro tem várias ramificações no mundo inteiro e, além do banco de dados propriamente dito, o NCBI proporciona um grande número de ferramantas de informática e recursos para auxiliar o cientista na pesquisa genética. A utilização cada vez maior da informática no estudo da pesquisa biólogica e ainda mais específicamente no estudo dos genes, deu origem à disciplina conhecida como bioinformática. A bioinformática é ainda considerada uma recente subdivisão da biotecnologia e representa o “casamento” da biotecnologia com a informática. De modo simples, bioinformática consiste no depósito e análise de sequências genéticas em bancos de dados e consequente manipulação e análise destas sequências com a utiliz…

Plantas Medicinais: Use Com Cuidado

Imagem
Parietaria officinalis(Parietária ou Fura-paredes), uma planta medicinal de uso geral. Curiosidade: se o nome de uma planta em latim inclui a palavra“officinalis” ou derivados desta, significa que ela é
usada na medicina Ao longo da história, o avanço da ciência impulsionou a medicina convencional, ocasionando um declínio na terapia com com base nas plantas medicinais. Porém, em meados do século XX, houve uma retomada significativa no interesse pela fitoterapia, com reconhecimento  de suas potencialidades, fazendo com que, hoje a sabedoria popular e a ciência caminhem juntas. Em anos recentes, um número importante de pesquisas em instituições renomadas  foram publicadas sobre o assunto. A Organização Mundial de Saúde (OMS) calcula que o emprego do extrato de algumas plantas no tratamento de doenças e na recuperação de pacientes é, em alguns casos, mais utilizada que a medicina  convencional. Os benefícios que a fitoterapia e o uso de plantas medicinais podem trazer à saúde são, contudo, …

Cultura ou Biologia?

Imagem
A oxitocina é um hormônio associado a sentimentos de amor. Tanto está ligado à emoção que sentimos ao conhecer alguém especial como está relacionado com a emoção da mãe ao ver pela primeira vez seu bebê recém-nascido. Da mesma forma, a serotonina é um neurotransmissor associado ao prazer. Todas essas substâncias estão envolvidas em reações bioquímicas, e essas, por sua vez, por meio de uma longa cadeia de reações, estão relacionadas ao comportamento. Reações que partilhamos com várias outras espécies animais e que levam à pergunta: até que ponto  podemos considerar o comportamento humano resultado da cultura ou fundado em bases biológicas? Para enriquecer  a discussão, o biólogo Ricardo Waizbort, da Fundação Oswaldo Cruz ( Fiocruz), está criando um programa de computador com imagens e informações, interconectadas por links, para que o usuário chegue as suas próprias conclusões. O projeto, que procura discutir a história e as implicações filosóficas da teoria da evolução para a vida hum…

Em Busca de Vacinas Mais Seguras

Imagem
Sempre que surge uma vacina nova, surge imediatamente em nossa cabeça várias interrogações, tais como: será que essa vacina é realmente segura? Quais são as reações adversas dessa vacina? Quais foram os componentes usados na produção desse imunobiológico? Se eu tomar essa vacina corro  risco de morrer? Embora possa parecer um tanto infundadas, muitas destas perguntas são pertinentes se considerarmos a problemática que existe em relação a alguns componentes perigosos utilizados na fabricação de certas vacinas. Uma deles é o mercúrio, mais precisamente o timerosal, uma substância à base de mecúrio usada normalmente como conservante para vacinas.
O mercúrio é um metal tóxico capaz de causar danos neurológicos. Atualmente,acredita-se que a intoxicação por mercúrio pode desencadear o autismo. O timerosal, apesar de banido das farmácias, continua sendo adicionado às vacinas, soluções fisiológicas e soluções de limpeza de lente de contato. As conseqüências desta prática, ainda são desconheci…

Síndrome de Asperger, Um Desafio Para a Educação Inclusiva

Imagem
Com dificuldade de interagir, fazer amigos e tendência a se isolar, o aluno com síndrome de Asperger é um dos desafios para a educação inclusiva. A doença é considerada um tipo leve de autismo que não afeta o desenvolvimento intelectual. É comum que os “aspies” – como são chamados – tenham inteligência acima da considerada “normal.” Especialistas defendem que as crianças que apresentam este tipo de síndrome podem - e devem - frequentar escolas regulares. “As pessoas aprendem de jeitos diferentes e a pluralidade faz com que a escola fique cada vez mais interessante. Ambientes homogêneos são desinteressantes”, diz Liliane Garcez, coordenadora do curso de pós-graduação inclusiva do Instituto Vera Cruz. Para Liliane, o papel da escola é aproveitar o potencial do aluno e canalizá-lo para os demais conteúdos da série que cursa. "É preciso aprofundar o conhecimento sobre estas síndromes para melhorar a qualidade de vida de todas as pessoas envolvidas. Não cabe mais a segregação." Em c…