Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014

Biologia é Vida!..Simples Assim

Imagem
Com um pouco de sensibilidade, os cientistas conseguem perceber que muitos de seus relatos científicos estão repletos de poesia. A beleza e a singeleza dos processos biológicos fascinam e, às vezes, ficam resumidos a gráficos, tabelas, diagramas, gravuras e formulação de teorias e hipóteses.
Certa vez escrevi nas páginas deste blog que o universo da biologia não se constitui apenas de ciência. Há muita poesia inserida nos relatos e fatos científicos. É só questão de se descobrir. Além do mais, o que se poderia esperar de uma ciência que estuda a vida? Muita beleza, muita simplicidade...enfim,  muita poesia. Quando mencionei isso em 2010 estava me referindo à forma impressionante que uma determinada espécie de aranha procedia para colonizar uma ilha devastada por uma erupção vulcânica. O relato extraído do livro "Diversidade da Vida", de Edward O. Wilson é um belo exemplo de (com licença da palavra) biologia poética: "Os aracnólogos sabem que a maioria das espécies empre…

Desvendando o Cérebro Com a Matemática

Imagem
Neurocientista brasileiro desenvolve uma nova ferramenta que permite analisar ondas cerebrais de diferentes frequências procurando por acoplamentos (interações) entre elas. Ele também enfatiza a importância do conhecimento matemático nas investigações biológicas.
O neurocientista Adriano Tort, do Instituto do Cérebro na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), estudou medicina, física e matemática até que se descobriu neurocientista. Hoje ele usa muita coisa de tudo que estudou para entender o que acontece num cérebro.
"Há bastante tempo, os cientistas sabem que os neurônios disparam impulsos nervosos. Quando colocamos eletrodos no cérebro das cobaias, vemos que há uma atividade organizada que chamamos de oscilações corticais ou, em termos leigos, ondas cerebrais. Já sabemos que quando registramos essa atividade elétrica, observamos um espectro com diferentes frequências, isto é, as ondas não trabalham isoladamente. Eu até as posso isolar, mas tenho estudado muito como…

Desafio: Gols a Favor da Preservação do Tatu-Bola

Imagem
Cientistas lançam desafio à Fifa: salvar o tatu-bola da extinção Em artigo, pesquisadores sugerem que 1 mil hectares sejam declarados como área protegida na caatinga para cada gol marcado na Copa do Brasil.
Um grupo de pesquisadores do Nordeste resolveu fazer um desafio à Fifa e ao governo brasileiro, bem mais modesto do que a construção de estádios e outras obras megalomaníacas desse tipo: destinar 1 mil hectares de caatinga como área protegida para cada gol que for marcado na Copa do Mundo no Brasil. Considerando que cerca de 150 gols são marcados em média por torneio, isso implicaria na criação de 1.500 km2 de áreas protegidas no bioma. E se você está achando muito, saiba que isso representaria míseros 0,002 % da área total de ocorrência da espécie (estimada em 732 mil km2). A proposta dos pesquisadores está descrita em um artigo publicado na revista científica Biotropica. O autor principal é o biólogo Enrico Bernard, da Universidade Federal de Pernambuco.“A escolha do tatu como ma…

A Vespa Sugadora de Alma

Imagem
Vespas da espécie Ampulex dementor receberam esse nome em virtude de seu comportamento de paralisar a presa e obrigá-la a servir de alimento para a sua prole. O nome da espécie é uma referência aos dementadores, criaturas do livro de Harry Porter conhecidas por "sugar a alma" das pessoas.
No Museu für Naturkunde de Berlim (NMF), um dos maiores museus de história natural do mundo, têm sido feitos esforços para envolver os visitantes nas atividades do museu em pesquisa da biodiversidade. Atualmente, os museus de história natural não são apenas instituições científicas, mas também uma das organizações mais populares, competentes e bem sucedidas para a transferência de conteúdo científico para o público. Museus de história natural de todo o mundo estão envolvidos na criação de exposições e apresentações de eventos específicos para comunicar aspectos atuais da pesquisa em biodiversidade, conservação e descobertas científicas para o público em geral. Isso inclui programas onde os …

Sobre a Evolução dos Tubarões

Imagem
Paleontólogo americano afirma em um estudo que os tubarões não são "fósseis vivos" como se acreditava: eles também evoluíram. A descoberta desafia a teoria dominante que afirma que os tubarões têm mantido a maioria das suas características inalteradas durante cerca de 400 milhões de anos.
Os primeiros peixes cartilaginosos e ósseos fornecem mais informações sobre a evolução inicial dos vertebrados com mandíbula - incluindo os seres humanos- do que os tubarões modernos, de acordo com um estudo publicado na revista Nature na semana passada. Tubarões modernos não são "fósseis vivos" que têm mantido a sua anatomia original, como se pensava anteriormente, mas evoluíram ao longo de milhões de anos, diz o estudo, liderado pelo paleontólogo americano Alan Pradel no qual foi analisado o crânio de um tubarão de 325 milhões de anos atrás (foto). "Os cientistas, como as pessoas em geral, pensavam que os tubarões modernos não evoluíram, de maneira que o seu esqueleto mostr…

Programados Para Durar Pouco

Imagem
Atualmente as empresas usam a estratégia de programarem os seus produtos para durar pouco, motivando o consumidor a comprar um novo modelo. A troca regular de produtos aumenta a produção de lixo eletrônico
Você já ouviu falar em obsolescência programada? Trata-se da estratégia das empresas de programarem os seus produtos – ou o seu tempo de vida – para durar menos do que a tecnologia atual já permite. Ou seja, para serem rapidamente ultrapassados, motivando o consumidor a comprar um novo modelo. Automóveis, eletrodomésticos e produtos eletrônicos são três dos casos mais gritantes da obsolescência programada. Contudo, este fenômeno não é recente. De acordo com o Planeta Sustentável, ele data dos anos 50, quando a explosão do consumo em massa mudou a forma de trabalhar de algumas empresas.O site elaborou uma série de características da obsolescência programada, tendo como base a recomendação de João Paulo Amaral, pesquisador do Instituto Brasileiro Defesa ao Consumidor (Idec), e das bió…

Biologia Sintética

Imagem
Técnica desenvolvida por alunos da USP, Unesp e UFSCar tem o objetivo de desenvolver teste diagnóstico mais rápido e barato contra problemas renais através da biologia sintética. Uso da biologia sintética reduz os custos dos exames e torna possível a detecção precoce de problemas nos rins
A biologia sintética é uma nova área de pesquisa que une a engenharia com a biologia, buscando o desenvolvimento de sistemas biológicos que realizem novas funções de forma eficien­te. “A biologia sintética tem potencial de aplicação na pro­dução de fármacos mais baratos, de novos químicos, materiais e combustíveis renováveis e de novas terapias para tratamento de doenças”, explica Mateus Schreiner Lopes, biólogo e dou­tor em biotecnologia pela USP. A aplicação da biologia sintética tem o objetivo de reduzir o tempo e o custo do desenvolvimento de microrganismos geneticamente modificados, além de aumentar a confiabilidade da modificação genética. “Chegará o dia em que praticamente qualquer produto na…

Fazendo Sexo Até Morrer

Imagem
O recém-descoberto rato-marsupial-australiano-de cauda-preta tem um comportamento sexual incomum para mamíferos: eles copulam durante horas até morrer
O mastozoólogo Andrew Baker e sua equipe descobriu neste ano um marsupial com hábitos sexuais bem impressionantes. A espécie recebeu o nome de Antechinus arktos em virtude de sua semelhança com um ouriço e por sua pelagem lembrar a de um urso. Apelidado de rato-marsupial-australiano-de-cauda-preta, os machos da nova espécie, encontrada no sudeste de Queensland, na Austrália, durante duas semanas se acasalam com o maior número possível de fêmeas. Cada cópula pode durar até quatorze horas. Durante esse tempo, o animal não come e não bebe. Um hormônio faz com que seu organismo não sinta estresse, fazendo com que seu corpo passe a definhar. A pele cai e a maioria morre por infecção, pois o sistema imunológico para de funcionar. Marsupiais deste tipo experimentam uma única temporada de acasalamento em suas vidas. Embora esta prática é famili…

A História Retorcida da Descoberta da Molécula de DNA

Imagem
A história da descoberta do modelo da dupla hélice da molécula de DNA está repleta de episódios de ganância, intriga, menosprezo, astúcia e preconceito. 
A ciência tem dessas coisas. Exaltamos os feitos, mas não procuramos saber nada sobre os personagens envolvidos numa descoberta científica. Sabemos que a descoberta da estrutura da dupla hélice da molécula de DNA se tornou um marco na história da ciência contemporânea. Mas sabemos muito pouco sobre os fatos relacionados com essa descoberta e quase nada sobre os bastidores desse feito memorável. Muito menos sobre o caráter dos protagonistas dessa história, os cientistas James Dewey Watson (1928-    ) e Francis Harry Compton Crick (1916-2004). A substância DNA, ou seja, o ácido desoxirribonucleico, foi descoberta em 1869 pelo bioquímico suíço Johann Friedrich Miescher (1844-1895), mas até o meado do século 20 não se conhecia a estruturação tridimensional do DNA e nem como poderia ser sua configuração molecular. No ano de 1951, em Nápo…

Por Dentro da Mente dos Tubarões

Imagem
Equipe de neurobiólogos querem manipular sentido de tubarão para evitar ataques a humanos. Eles estudam como funcionam o cérebro e os cinco sentidos dos tubarões para testar formas não-letais de evitar que eles se aproximem ou ataquem pessoas.
Tubarões existem há pelo menos 400 milhões de anos e, ao longo desse tempo, evoluíram para uma grande variedade de espécies, muitas delas pacíficas. Mesmo assim, o medo de ser atacado é a primeira coisa que vem à mente quando se encontra um deles frente a frente. Na realidade, quem deveria sentir medo são os tubarões. Um quarto de todas as espécies de tubarão e de suas parentes, as arraias, estão ameaçadas de extinção, segundo um relatório recente da União Internacional pela Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês).O motivo é a pesca predatória, principalmente para as espécies maiores. Milhões de tubarões morrem dessa forma todos os anos. Enquanto isso, as chances de uma pessoa ser morta por um tubarão são menores do que as de morrer p…

Salvem as Abelhas!

Imagem
Neste momento, bilhões de abelhas estão morrendo. Já não existem mais abelhas na Europa em número suficiente para polinizar nossas plantações. E, na Califórnia, o maior estado produtor de alimentos dos EUA, apicultores estão perdendo 40% da população de abelhas a cada ano. 

Embora a maioria das pessoas as vejam simplesmente como fabricantes de mel, as abelhas são, provavelmente, o inseto mais importante para a vida na Terra. Segundo estudos da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), são elas as responsáveis pela polinização de, pelo menos, 70% das culturas, o que corresponde a 90% da oferta global de alimentos. Exatamente por isso, o desaparecimento repentino e ainda não explicado de abelhas no mundo durante os últimos anos tem preocupado especialistas. Enquanto na Europa o Greenpeace lançou uma campanha com o objetivo de protegê-las, no Brasil o assunto vem sendo discutido pela Confederação Brasileira de Apicultores (CBA), que pede a criação de leis que sa…

O Matemático Paul Lévy e a Biologia

Imagem
O matemático francês Paul Lévy (1886-1971) elaborou um modelo matemático que explica o padrão de movimento que os animais utilizam para conseguir alimento. O chamado passeio de Lévy já serviu de base para se entender muitos outros fenômenos dentro da biologia
Todos os animais repetem o mesmo padrão quando estão atrás de comida ou quando exploram o ambiente por algum motivo: eles se movimentam de um jeito a lembrar um passeio de Lévy, um tipo de passeio aleatório cujo nome é uma homenagem ao matemático francês Paul Pierre Lévy (1886-1971). De acordo com a tese do matemático francês, também conhecida como "voo de Lévy", quando uma fonte de alimento está distribuída de maneira esparsa e aleatória, a estratégia mais proveitosa para um animal em busca de uma refeição é, nesses casos, fazer grandes jornadas e depois ciscar em pequenos movimentos e por um tempo para vasculhar os arredores. Se não encontrar mais nada, é voar para outra zona distante onde a probabilidade de encontrar…

O Mistério das Listras das Zebras

Imagem
Por que as zebras são listradas? Cientistas americanos garantem ter chegado a solução deste mistério que intriga os biólogos há mais de um século
Cientistas americanos garantiram a descoberta do mistério que envolve uma das questões mais intrigantes do mundo animal: por que as zebras são listradas? Charles Darwin e o naturalista Alfred Russel Wallace já debateram o assunto há 120 anos. Desde então, diversas hipóteses foram levantadas. Uma equipe da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, analisou todas essas teorias e concluiu que as listras evoluíram ao longo do tempo para proteger os animais das atenções indesejadas de moscas portadoras de doenças, aponta o jornal britânico “The Independent”. Para chegar a esse resultado, a equipe pesquisou cinco hipóteses diferentes – apontadas em estudos anteriores. Entre elas estão as ideias de que as listras poderiam ser uma forma de camuflagem, uma maneira de confundir predadores, um mecanismo para manter o calor no organismo, ou até me…

Você é a Favor da Liberação da Maconha Medicinal?

Imagem
Casal brasileiro entra na Justiça pelo direito de importar um medicamento derivado da maconha para o tratamento da doença rara de sua filha. A Anvisa não permite o uso desses medicamentos no Brasil.
Deu no Fantástico (Rede Globo, 30/03/2014): Pais lutam na Justiça por liberação de remédio derivado da maconha. O casal brasileiro Norberto e  Katiele Fisher decidiram importar ilegalmente dos Estados Unidos um medicamento derivado da planta Cannabis sativa, a popular maconha, como uma medida desesperada para o tratamento de sua filha Anny, que sofre de uma doença rara. A menina de 5 anos é  portadora de patologia muito rara, caracterizada por um quadro clínico com distúrbio psicomotor decorrente de uma patologia cerebral. E que, dentre os sintomas, tem crises convulsivas resistentes a todas as medicações possíveis no país.
Acontece que o único remédio que funciona no tratamento de Anny é um derivado da maconha e, portanto, ilegal no Brasil. O Canabidiol, ou CBD, é uma das mais de 400 subs…