Aves que Derrubam Aviões

Nos últimos anos, o número de acidentes aéreos causados por aves que vivem ou procuram por alimentos junto à  pista de aeroportos tem crescido assustadoramente. Dentre as aves que estão nesta categoria temos as garças-vaqueiras (foto), os quero-queros, os urubus e  gaviões de diversas espécies. A entrada de uma dessas aves nas turbinas ou a colisão com a cabine de comando das aeronaves constituem os principais riscos à navegação aérea. Em face à esses problemas, o CEMAVE/IBAMA elaborou o Plano de Ação Emergencial para Controle do Perigo Aviário (PAE) que prevê atividades relacionadas ao monitoramento e controle das espécies que constituem risco ao tráfego aéreo em diversas partes do Brasil. Há uma semana o Aeroporto Internacional Tom Jobim no Rio de Janeiro  está testando falcões controlados por controle remoto. O robô imita a ave e assusta urubus e outros pássaros que atrapalham o tráfego aéreo. os primeiros resultados são bons, e,  se aprovados, os serviços do fabricante serão contratados. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

Sensibilidade e Especificidade