Estresse É Maior Em Casa Que No Trabalho

Estudo realizado com 100 mil pessoas de São Paulo e Campinas (a 97 km da capital paulista) mostrou que as pessoas ficam mais estressadas em casa do que no trabalho. Segundo o levantamento, promovido pela Secretaria de Saúde em parceria com a Sociedade de Cardiologia do estado de São Paulo, cerca de 23% da população pesquisada afirmou ter sofrido estresse intenso ou exagerado no lar. Entre os motivos apontados estão problemas com o cônjuge, filhos e até animais de estimação. As mulheres (28%) disseram sofrer mais do que os homens (13%). O estresse intenso ou exagerado no trabalho foi citado por 15% dos entrevistados; 50% afirmaram que não viveram situações desse tipo em seus empregos.
A pesquisa mostrou também que a situação financeira é o motivo de estresse mais apontado-25% das pessoas ouvidas apontaram esse como o problema  que mais causa tensão. O estudo foi o primeiro no país a considerar o estresse como elemento de risco para a saúde do coração. Também foi analisado o estresse em locais como bares e boates.
Segundo um dos coordenadores do estudo, o médico cardiologista Ari Timerman, o trânsito, por exemplo,  e o chefe no trabalho são dois fatores menos estressantes do que os familiares.

Fonte: Jornal Destak Rio, conforme reportagem publicada em 28/06/2010

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

A Importância Ecológica das Baratas