A Ilustração Científica em Destaque


Desenhos ou pinturas são usados para representar diversos objetos científicos. No Estúdio CH desta semana, o biólogo Marcos Antônio dos Santos Silva, da Universidade de Brasília, explica por que a ilustração científica ainda é relevante hoje em dia, na era digital. 
Em entrevista a Fred Furtado, Silva conta que é difícil dizer quando surgiu a ilustração científica, pois há vários momentos na história que podem ser considerados como a origem desse tipo de arte. Um dos primeiros exemplos são os registros presentes nos herbários dos gregos antigos. 
Silva, que coordena o Núcleo de Ilustração Científica da UnB, afirma que essas representações ainda são bastante necessárias, mesmo com o advento da fotografia digital, pois permitem, por exemplo, que o artista realce detalhes que não seriam prontamente vistos em uma foto. 
Segundo o biólogo, esse tipo de arte encontra demanda em vários campos, como em revistas científicas que publicam artigos sobre novas espécies, teses, trabalhos de iniciação científica e na divulgação da ciência. Silva fala ainda sobre a formação necessária para o ilustrador científico e a situação dessa arte no Brasil.
Para ouvir a entrevista completa clique no link abaixo:

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

Sensibilidade e Especificidade