Cinco Milhões de Bebês de Proveta

Bebês nascidos por fertilização in vitro já somam 5 milhões no mundo.Número representa 0,3% dos 130 milhões de bebês do mundo. Pelo menos 350 mil crianças são concebidas a partir da técnica por ano

O total de bebês nascidos por meio da fertilização in vitro (FIV) em todo o mundo atingiu a marca de 5 milhões. A estimativa foi divulgada no dia 2 de julho de 2012 durante o congresso da Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia (ESHRE), em Istambul, na Turquia.
O número representa 0,3% dos 130 milhões de bebês que nascem mundialmente e mais de um terço de todos os nascimentos na Europa. Pelo menos 350 mil crianças são concebidas anualmente a partir da técnica.
O primeiro bebê de proveta, Louise Brown, nasceu no Reino Unido em julho de 1978 (foto). A paranaense Anna Paula Caldeira, com 27 anos hoje, foi o primeiro bebê de proveta do Brasil e da América Latina. A técnica foi uma das marcas revolucionárias da medicina no País.
Desde então, o procedimento que coloca o espermatozóide e o óvulo para se fundirem em placas laboratoriais ou que injeta o esperma diretamente no óvulo se tornou uma prática comum.
"Esta tecnologia tem sido muito bem sucedida no tratamento de pacientes inférteis. Milhões de famílias com crianças foram criadas, reduzindo assim a carga de infertilidade. A tecnologia melhorou muito ao longo dos anos para aumentar as taxas de gravidez e reduzir o número de nascimentos múltiplos", afirma David Adamson, presidente do Comitê Internacional de Monitoramento de Tecnologias de Reprodução Assistida (ICMART), responsável pelo estudo.
Apesar do sucesso das FIVs, os médicos alertam a técnica de reprodução assistida não deve levar as pessoas a se atrasarem a gravidez. "O convencional é que se as pessoas atrasam o parto e veem a fertilização in vitro como uma apólice de seguro que eles podem acessar em qualquer idade. Infelizmente, os fatos sugerem que as taxas de sucesso da FIV em mulheres mais velhas ainda não são fantásticas. FIV realmente é algo que deve ser preservado para aquelas pessoas que realmente precisam", concluem os pesquisadores.
Fonte: Isaude.net

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

A Importância Ecológica das Baratas