Milhões de Bactérias na Esponja da Cozinha



Esponja de cozinha contém 200 vezes mais bactérias do que vaso sanitário.Pesquisa encontrou 10 milhões de bactérias por metro quadrado na esponja de cozinha, sugerindo que objeto pode conter patógenos perigosos como a bactéria Campylobacter, ligada a casos de paralisia

Cientistas da Universidade do Arizona, nos EUA, descobriram que a esponja de cozinha contém 200 vezes mais bactérias do que o vaso sanitário. A pesquisa sugere que o objeto pode conter até mesmo patógenos como a bactéria Campylobacter, ligada a casos de paralisia. As informações são do Daily Mail.
A equipe, liderada por Charles Gerba, realizou um levantamento em 180 casas em diversos países (Austrália, Canadá, Alemanha, Índia, Malásia, Arábia Saudita, África do Sul, Inglaterra e Estados Unidos). Segundo Gerba, o assento do vaso sanitário é um dos objetos mais limpos de uma casa em termos de micro-organismos. Mas é preciso estar mais preocupado com outros itens domésticos, como esponjas, panos de prato e sacolas de supermercado reutilizáveis.
Os resultados da pesquisa mostraram que os banheiros passaram no teste de limpeza em 70% dos casos. Já apenas 6% das pias verificadas mostraram boas condições de higiene.
O estudo descobriu que há cerca de 10 milhões de bactérias por metro quadrado em uma esponja de cozinha e um milhão por metro quadrado nos panos de prato.
Além da pia da cozinha, tábuas usadas na manipulação de alimentos também mostraram alto índice de infecção.
De acordo com Gerba, na cozinha, os micro-organismos não necessariamente chegam através do contato real com fezes. Eles vêm por meio de produtos de carne crua ou vísceras de dentro da carne animal, onde várias bactérias fecais se originam.
Ele afirma que é porque todos temem a sujeira dos vasos sanitários que os limpam regularmente, então talvez este seja essa a ação necessária para com as tábuas de cortar carne.
Segundo o Global Hygiene Council, entidade responsável por discutir normas e procedimentos de limpeza em todo o mundo, esponjas de cozinha devem ser lavadas em água com temperatura superior a 60 graus  centígrados para matar germes e isso deve ser feito regularmente.
Os especialistas afirmam ainda que manter as mãos limpas e lavá-las entre o manuseio de diferentes itens ou materiais também deve ser hábito para diminuir os níveis de contaminação da cozinha.
Fonte: ISaude.net

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

A Importância Ecológica das Baratas