Crise Econômica Afeta Mais Mulheres e Meninas

Segundo um estudo internacional, as mulheres e as meninas são as maiores vítimas da crise econômica global

A crise econômica global tem cobrado um preço mais alto de mulheres e meninas que de homens e meninos: aquelas estão mais sujeitas a viver na pobreza, a ter uma expectativa de vida menor e a abandonar a escola. A avaliação consta de estudo das ONGs Plan International e Overseas Development Institute. Segundo o estudo – que usa dados do Banco Mundial –, uma queda na produção econômica de um país deixa meninas mais sujeitas que os meninos a morrer antes dos 5 anos de idade; já  as mulheres reduzem seu próprio consumo de alimentos para garantir que não falte comida para a família.
O presidente-executivo da Plan International, Nigel Chapman, disse que o resultado do estudo não surpreende. “O mundo está fracassando com as meninas e as mulheres”, afirmou. “Elas precisam de apoio mais orientado em proteção social, criação de empregos e em educação, se queremos reverter essa tendência e fechar esse fosso inaceitável.”

Fonte: Jornal Destak Rio (22/01/2013)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

Sensibilidade e Especificidade