Sequenciamento de DNA Direto ao Consumidor

Cinco companhias americanas oferecem o serviço de sequenciamento de DNA direto ao consumidor. Em Nova York  e em Maryland o serviço é proibido, pois o procedimento envolve alguns aspectos éticos.

Depois de ter seu DNA testado - um processo que pode custar de cem até vários milhares de dólares - a atriz Angelina Jolie soube que era portadora de um gene BRCA1 defeituoso. Esse defeito, embora não o único determinante do câncer de mama, significava uma chance de 65% dela vir a ter a mesma doença que matou sua mãe.
Se você está querendo saber mais sobre seus genes, e está interessado em ter seu DNA testado, existem várias opções que você pode seguir antes de se lançar de cabeça no serviço de sequenciamento direto ao consumidor. Além de aprender sobre a sua saúde, os serviços de genética pessoal muitas vezes revelam coisas que você não sabia sobre a sua ascendência. Os testes genéticos direto ao consumidor é ilegal em Nova York e Maryland. As 5 companhias que oferecem o serviço de sequenciamento direto ao consumidor são: 23andMe, deCODE Genetics, Gene by Gene, Gene Planet e DNA Ancestry.
Mayana Zatz, professora de genética humana e coordenadora do Centro de Estudos do Genoma Humano da USP, assinala que o número de testes genéticos disponíveis, tanto para características normais como patológicas, estão aumentando dia a dia. Além disso, com a redução do custo de sequenciamento do genoma inteiro, mais as pessoas vão se interessar em ter seu DNA sequenciado. Prevê-se que o sequenciamento do genoma poderá revelar mutações e variantes cujos impactos na saúde ainda são desconhecidos, levantando importantes problemas na interpretação dos resultados, na definição do prognóstico e aconselhamento genético.
Contudo, a especialista levanta alguns questionamentos importantes: como lidar com mutações desconhecidas; quem vai interpretar resultados enviados aos consumidores por empresas privadas; quem terá acesso aos dados de genomas individuais; como garantir a confiabilidade; quanto de informações deve ser divulgado para as pessoas que têm seu genoma sequenciado; e se estamos preparados para lidar com o conhecimento do nosso próprio genoma.
Fonte: Mashable

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

A Importância Ecológica das Baratas