O Sexo Seguro das Mosquinhas-das-Frutas

Estudo mostra como as fêmeas da mosquinha-das-frutas evitam doenças sexualmente transmissíveis reforçando a sua imunidade antes do acasalamento

Os seres humanos não são a única espécie que luta contra doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). As mosquinhas-das-frutas (Drosophila melanogaster) também pode obtê-las, por exemplo, através um fungo chamado Metarhizium robertsii,  responsável por causar uma infecção de baixo nível que faz com que as fêmeas tenham uma prole menor. Estudos recentes mostraram que quando uma fêmea ouve o canto de acasalamento de um macho, ela começa a expressar um gene conhecido como Turandot M . Ao contrário do personagem-título da ópera de Puccini, a Princesa Turandot (que odiava todos os homens e tratava os seus pretendentes com crueldade), esses genes estão envolvidos no reforço da imunidade e da resposta ao estresse. Um novo estudo, publicado no Proceedings of the Royal Society B , mostra que o gene TOTM ajuda as fêmeas a combater as infecções causadas por um fungo transmitido sexualmente. Os autores afirmam que isso mostra como as moscas evoluíram para se protegerem do sexo arriscado, não através da compra e do uso de preservativos, mas mudando a expressão de seus genes.

Fonte: Science

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

A Importância Ecológica das Baratas