A Fauna do Futuro

Fotógrafo francês cria imagens de animais adaptados às mudanças ambientais do planeta e modificados artificialmente para atender às necessidades humanas. Na foto, um besouro adaptado para transmitir dados.

Como seria a fauna do futuro, a natureza adaptada às muitas mudanças ambientais do planeta e modificada artificialmente para atender às necessidades humanas? Responder a essa pergunta é a proposta que guia o projeto Post Natural History, do fotógrafo francês Vincent Fournier. 
Esse compêndio fotográfico dos animais (e de algumas plantas) do futuro teve como uma de suas principais inspirações a extrapolação das possibilidades da engenharia genética – o autor aposta na manipulação e reprogramação genéticas, além da combinação do DNA com elementos artificiais, como metais e componentes eletrônicos. 
A série é composta por animais futuristas como uma libélula sensível a materiais inorgânicos, um inseto com molas, um lagarto com pele reflexiva ou um besouro integrado a um sistema de GPS. As imagens são propositalmente ambíguas, trazendo alterações nem sempre tão explícitas, reveladas apenas ao observador atento. As obras foram produzidas com o auxílio de uma equipe de especialistas em um laboratório de imagens tridimensionais em Bruxelas, na Bégica.
Veja mais fotos clicando em Instituto Ciência Hoje 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

A Importância Ecológica das Baratas