A Vespa Sugadora de Alma

Vespas da espécie Ampulex dementor receberam esse nome em virtude de seu comportamento de paralisar a presa e obrigá-la a servir de alimento para a sua prole. O nome da espécie é uma referência aos dementadores, criaturas do livro de Harry Porter conhecidas por "sugar a alma" das pessoas.

No Museu für Naturkunde de Berlim (NMF), um dos maiores museus de história natural do mundo, têm sido feitos esforços para envolver os visitantes nas atividades do museu em pesquisa da biodiversidade. Atualmente, os museus de história natural não são apenas instituições científicas, mas também uma das organizações mais populares, competentes e bem sucedidas para a transferência de conteúdo científico para o público. Museus de história natural de todo o mundo estão envolvidos na criação de exposições e apresentações de eventos específicos para comunicar aspectos atuais da pesquisa em biodiversidade, conservação e descobertas científicas para o público em geral. Isso inclui programas onde os visitantes podem dar sugestões sobre a nomenclatura de espécies novas, ajudando a escolher o nome científico de espécies que ainda não foram nomeadas pela ciência. Essa semana saiu um artigo muito interessante na PLoS ONE sobre essa iniciativa dos museus.
Michael Ohl e seus colaboradores realizaram a seguinte experiência: selecionaram  um exemplar atraente de uma vespa tailandesa e a apresentaram aos visitantes em um evento especial do Museu de História Natural de Berlim. Pediram a 300 visitantes para votar em um nome para a nova espécie dentre quatro opções pré-selecionadas. E o nome escolhido foi  Ampulex dementor. O nome, derivado de dementadores,  uma referência as criaturas "sugadoras de alma" dos populares livros de Harry Potter é uma alusão ao comportamento que estas vespas possuem de paralisar seletivamente as suas presas, as baratas. Assim como os Dementadores, personagens fictícios dos livros do bruxo Harry Potter, série criada pela  escritora Joanne K. Rowling, são criaturas capazes de sugar todo sentimento bom, cada memória feliz e livre arbítrio de alguém que chegar muito próximo delas, o efeito do comportamento das picadas de Ampulex sobre o comportamento de sua presa é bem parecido. Depois de ser picado pela vespa, os comportamentos específicos da barata são inibidos (por exemplo, comportamento de fuga), enquanto outros não são afetados (por exemplo, a locomoção). A vespa agarra a barata parcialmente paralisada por uma das antenas e a conduz para um local  apropriado de postura e a presa acompanha a vespa docilmente. O objetivo da vespa é fornecer uma refeição viva para as sua larvas recém-nascidas. Esta é uma estratégia única de modulação comportamental de uma presa por picada de uma vespa observada na natureza.
Fonte: PLoS ONE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

Sensibilidade e Especificidade