Deu a Louca no Mundo Animal:Lobos-Marinhos Estupram Pinguins

Pesquisadores tentam entender o motivo que está levando os lobos-marinhos a abusarem sexualmente de pinguins em ilha no Atlântico Sul.Três incidentes foram registrados recentemente. Houve outros episódios registrados nos últimos 30 anos ( foto: O Globo)

A notícia científica que mais abalou a internet (mais do que o pouso da sonda Philae no cometa 67P) na semana que passou foi a do registro de uma suposta foca estuprando um pinguim. De acordo com estudo publicado na revista “Polar Biology” deste mês, lobos-marinhos estão abusando sexualmente de pinguins-rei na Ilha Marion, uma das Ilhas do Príncipe Eduardo, localizada no Atlântico Sul
Um grupo de cientistas está buscando entender este fenômeno recente. A equipe sul-africana responsável pela pesquisa, formada pelos cientistas Ryan Reisinger, William Haddah, Tristan Scott, Marthán Bester e Nico de Bruyn, documentou três incidentes de lobos-marinhos na ilha abusando sexualmente dos pinguins. Houve outros episódios registrados nos últimos 30 anos.
Logo de início, jornais como a Folha de S.Paulo, O Globo, O POVO Online e A Tarde Online, divulgaram em suas matérias que o estuprador era uma foca, demonstrando um certo desconhecimento de taxonomia. No vídeo do episódio divulgado pela BBC News  vê-se escrito ‘Antarctic fur seal’. ‘Seal’ quer dizer ‘foca’ em inglês, mas ‘fur seal’ quer dizer lobo-marinho. Neste caso, trata-se do ‘lobo-marinho-antártico’ da espécie ‘Arctocephalus gazella’, conforme esclareceu a página Nomes Científicos do Facebook.
A página esclarece também que, taxonomicamente falando, focas são da família ‘Phocidae’ e não possuem orelhinhas. Leões-marinhos são da subfamília ‘Otariinae’ (família ‘Otariidae’), possuem nadadeiras maiores e uma espécie de juba nos machos. Os lobos-marinhos são da mesma família dos leões-marinhos, mas da subfamília ‘Arctocephalinae’; estes não tem a juba nos machos.
Segundo disse Ryan Reisinger ao jornal “Times Live”. "Os pinguins reagem como se o predador estivesse tentando matá-los, pois eles inicialmente lutam por suas vidas, mas as focas (sic) são muito maiores e mais fortes, de modo que eles facilmente dominam os pinguins". Em uma ocasião, um desses animais tentou copular com um pinguim, e, em seguida, o devorou. Os pesquisadores não têm certeza do que está levando os animais a essa atitude agressiva. No início, pensou-se que era parte do comportamento predatório normal das lobos-marinhos com relação aos pinguins.
Todos os incidentes sexuais seguiam um padrão: o lobo-marinho perseguia, capturava e montava no pinguim. Então, tentava copular algumas vezes, por meio da cloaca da ave. As observações mostram que esse tipo de cópula forçada entre lobos-marinhos e pinguins pode ter se tornado algo comum na ilha."
Focas (e lobos-marinhos) possuem grande capacidade de aprendizado - sabemos disso pelos hábitos de caça que elas têm", disse Nico de Bruyn, da Universidade de Pretória, África do Sul. As focas macho, após verem outros animais de sua espécie tentar forçar o sexo com outros pinguins, podem tentar repetir a mesma coisa.Isso pode explicar porque o número desse tipo de incidente parece ter crescido.
Mas os pesquisadores afirmam não conseguir perceber a motivação das focas para esse hábito.
"Talvez seja frustração sexual, considerando os picos hormonais durante a temporada de reprodução das focas", afirma de Bruyn. Uma teoria dá conta de que a concorrência por exemplares do sexo feminino entre as focas tem feito com que alguns machos mais jovens atacassem os pinguins.
"É um pouco desconcertante, chocante e, estranhamente, um pouco embaraçoso de ver, mas não há definitivamente nada de engraçado nisso", alertou De Bruyn.
Assista o vídeo divulgado pela BBC News:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

A Importância Ecológica das Baratas