Aves Possuem um Ar Condicionado no Bico

Pesquisadores da Universidade de Cornell e do Museu de História Natural dos EUA usaram tomografias computadorizadas para revelar que a estrutura interna do bico dos pássaros funciona como uma espécie de ar condicionado, moderando a temperatura do ar que está sendo inalado e recuperando a água do ar exalado, ajudando assim na dispersão do excesso de calor do corpo das aves que vivem em regiões de clima quente. 

Um novo estudo publicado na revista The Auk: Ornithological Advances revela que o interior dos bicos dos pássaros é repleto de estruturas complexas que os ajudam a satisfazer as demandas dos climas quentes. As conchas nasais existentes dentro dos bicos dos pássaros são estruturas complexas que moderam a temperatura do ar que está sendo inalado e recuperam a água do ar que está sendo exalado. Alguns cientistas já haviam constatado anteriormente que o bico do tucano-toco (Ramphastos toco) funcionava como uma espécie de ar condicionado ou radiador termal, auxiliando na dispersão do excesso de calor do corpo da ave.
Pesquisadores da Universidade de Cornell e do Museu Nacional de História Natural usaram tomografias computadorizadas para examinar as conchas nasais de duas subespécies de pardais (Melospiza melodia spp), uma que vive em dunas de areia quentes e secas e outra que vive em habitats mais úmidos voltados mais para o interior do país. Nesta primeira comparação da estrutura das conchas de pássaros que vivem ao longo de um gradiente de umidade, as conchas dos pardais habitantes das dunas tinham uma área de superfície maior e estavam situadas mais distantes na face do que as de seus parentes do interior, hipoteticamente aumentando a capacidade de seus bicos de refrescarem o ar e recapturarem a água.
Os pesquisadores usaram espécimes de pardais que foram coletados em Delaware e no Distrito de Columbia e preservados em etanol e iodo para ajudar os tecidos moles a aparecerem nos exames. O uso de tomografias computadorizadas de contraste para visualizar o interior dos bicos dos pardais é uma técnica relativamente nova que permitiu aos cientistas verem pela primeira vez os detalhes dessas estruturas moles e cartilaginosas.
As varreduras de alta resolução revelaram muitas estruturas que os ornitólogos experientes nunca tinham visto ou imaginado. Eles ficaram impressionados com a beleza das conchas anteriores bem anatomicamente  estruturadas e das conchas médias perfeitamente enroladas.
"Este estudo destaca a notável complexidade das conchas rostral em aves canoras. Esta complexidade passou em grande parte despercebido devido à forma como a maioria das aves são coletadas e preservadas ", de acordo com Jason Bourke, um pesquisador do Museu de Ciências Naturais da Carolina do Norte que não estava envolvido na pesquisa. "Graças ao uso de técnicas inovadoras como o diceCT, agora podemos realmente apreciar o quão complicado pode ser o nariz de um pássaro, disse o pesquisador.
Para saber mais, clique nos links acima

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

Sensibilidade e Especificidade