Aprovado Teste Rápido para Diagnóstico de Staphylococcus aureus

FDA aprova teste rápido para diagnosticar infecção por Staphylococcus aureus. Exame é capaz de indentificar se as bactérias são resistentes à meticilina (MRSA) ou suscetíveis à meticilina (MSSA)

A agência reguladora de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos, a Food and Drug Administration (FDA), aprovou o primeiro teste para infecções por Staphylococcus aureus (S. aureus). O exame em questão é capaz de identificar rapidamente se as bactérias são resistentes à meticilina (MRSA) ou suscetíveis à meticilina (MSSA).Há muitos tipos diferentes de bactérias estafilococos, que causam infecções de pele, alimentação, pneumonia e infecções do sangue (envenenamento do sangue). Embora algumas infecções por S.aureus sejam facilmente tratadas com antibióticos, outras são resistentes (MRSA) a antibióticos comumente prescritos como a penicilina e amoxicilina.
O teste de cultura de sangue KeyPath MRSA / MSSA determina se o crescimento de bactérias na amostra de hemocultura positiva de um paciente são MRSA ou MSSA dentro de cerca de cinco horas depois que o primeiro crescimento bacteriano é detectado na amostra. Além dos equipamentos de cultura de sangue, o teste não exige quaisquer instrumentos específicos para obter resultados, o que o torna útil em qualquer laboratório.
"A liberação deste teste dá aos profissionais de saúde um exame que pode confirmar S.aureus e, em seguida, identificar se a bactéria é MRSA ou MSSA", disse Alberto Gutierrez, Ph.D., diretor do Office of In Vitro Diagnostics Device Evaluation and Safety do Centro para Dispositivos e Saúde Radiológica da FDA. "Isso não só poupa tempo em diagnosticar infecções potencialmente fatais, mas também permite que os profissionais de saúde otimizem o tratamento e comecem com as precauções de contato necessárias para impedir a propagação do organismo".
Infecções por MRSA pode ocorrer em qualquer lugar; no entanto, as infecções que aparecem em contextos de cuidados de saúde são geralmente mais graves e potencialmente fatais dado que os pacientes que receberam tratamento nestas instalações podem ter o sistema imunológico enfraquecido e frequentemente terem sido submetidos a procedimentos como a cirurgia, o que permite uma propagação mais fácil de bactérias diretamente no corpo.
A FDA baseou sua liberação em um estudo clínico de 1.116 amostras de sangue avaliadas nos quatro maiores centros hospitalares dos EUA. Entre os organismos indicados como S.aureus, a determinação de MRSA foi de 98,9% de precisão (178/180) e a determinação MSSA foi de 99,4% de precisão (153/154).
O teste de cultura de sangue KeyPath MRSA/ MSSA é fabricado pela MicroPhage Inc., de Longmont, Colorado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

A Importância Ecológica das Baratas