Nova Pandemia: A Gripe das Focas?

Nova estirpe de influenza é encontrada em focas.Cepa H3N8 é transmissível entre mamíferos e representa uma ameaça para a vida selvagem e para a saúde humana

Uma nova estirpe do vírus influenza encontrado em focas pode representar uma ameaça à vida selvagem e à saúde humana. O alerta vem de cientistas dos Estados Unidos, que destacam a necessidade de monitorar vírus como este - que se originou em pássaros e se adaptou para infectar mamíferos - para prever melhor o aparecimento de novas estirpes e evitar pandemias no futuro. 
"É preocupante o fato de termos um novo vírus transmissível entre mamíferos o qual os seres humanos ainda não foram expostos. É uma combinação que não vimos na doença antes", diz a editora do relatório Anne Moscona, do Weill Cornell Medical College, em New York.
Os autores observam que vírus da gripe transmissíveis e patogênicos em mamíferos, como o estudado no presente projeto, representam uma preocupação para a saúde humana. Em 2009, por exemplo, o vírus H1N1 da "gripe suína" surgiu nos seres humanos aparentemente se originando a partir de um rearranjo dos vírus encontrados em aves, porcos e seres humanos. A cepa H3N8 encontrada nas focas da Nova Inglaterra pode representar a primeira visão de um novo grupo de vírus da gripe com potencial para persistir e se mover entre espécies.
No estudo, os pesquisadores analisaram o DNA de um vírus associado a 162 mortes de focas na Nova Inglaterra, em 2011. As autópsias de cinco focas revelaram que, aparentemente, os animais morreram devido a uma infecção por um tipo de influenza chamada H3N8, que está intimamente relacionada a uma cepa de gripe que está circulando entre aves da América do Norte desde 2002. Ao contrário da estirpe em aves, este vírus tem adaptações para viver em mamíferos e possui íons mutantes conhecidos por fazer o vírus da gripe mais transmissível e por causar casos mais graves da doença. O vírus tem também a capacidade para atingir um receptor chamado SAa-2,6, proteína encontrada no trato respiratório humano.
Moscana observa que o estudo levanta duas preocupações em relação à gripe. Em primeiro lugar, esta estirpe é um novo vírus que infecta mamíferos e pode assim passar de animal para animal, uma combinação de traços que tornam uma ameaça potencial para os seres humanos. Além disso, a possibilidade de um vírus da gripe aviária poder infectar focas ainda não havia sido considerada, destacando o fato de uma pandemia de gripe poder surgir de forma inesperada.
"A gripe pode surgir de qualquer lugar e nossa prontidão tem que ser muito maior do que se pensava anteriormente. Temos de ser ágeis em nossa capacidade de identificar e entender os riscos potenciais colocados por vírus emergentes de fontes inesperadas. É importante perceber que os vírus podem surgir através de rotas que não consideramos. Precisamos estar atentos a esses riscos e prontos para agir sobre eles", conclui a pesquisadora. 
Estudo foi publicado na mBio, revista on-line de acesso aberto da American Society for Microbiology.
Fonte: Isaude.net

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

A Importância Ecológica das Baratas