Mãos: Feitas (Também) Para Agredir?

De acordo com um novo estudo de pesquisadores da Universidade de Utah as mãos humanas teriam evoluído não só para a destreza manual, mas para a luta


Vi uma matéria muito interessante que foi publicada no dia 20 de dezembro de 2012 no portal iG e gostaria de compartilhá-la com vocês. O título da reportagem logo me chamou à atenção: "Mão humana pode ter evoluído para agredir, diz estudo". Como assim? Me perguntei e resolvi ler o corpo da matéria ilustrada com uma foto de um boxeador esmurrando o seu adversário no ring. Está escrito lá:
"A mão humana pode ter evoluído para se servir melhor à agressão, segundo um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Utah, nos Estados Unidos.
Os pesquisadores usaram instrumentos para medir a força e a aceleração quando praticantes de artes marciais golpeavam sacos de pancadas. Eles descobriram que a estrutura do punho provê o apoio que aumenta a habilidade dos nós dos dedos de transmitir a força de um golpe. Os detalhes da pesquisa foram publicados no periódico Journal of Experimental Biology.”
Continua a matéria: "Ficamos surpresos em saber que os golpes de mão fechada não têm mais força do que os com a mão aberta", disse à BBC um dos autores do estudo, David Carrier.
Logicamente, a superfície atingida com o punho fechado é menor, então há um impacto maior do que com a mão aberta.”
"A força por área é maior em um golpe com punho fechado e isso é o que causa os danos localizados no tecido atingido", explica Carrier.
"Há uma vantagem de desempenho nesse sentido. Mas o foco real do estudo era descobrir se as proporções da mão humana permitiam apoio (para os golpes)", diz.
Os pesquisadores descobriram que fechar o punho realmente provê uma proteção maior para os ossos delicados da mão. Fechar o punho aumenta em quatro vezes a rigidez das juntas metacarpo-falangeais (que são visíveis quando o punho é fechado).
Fechar o punho também dobra a capacidade das falanges proximais (os ossos dos dedos que se articulam com as juntas metacarpo-falangeais) de transmitir a força do golpe.
Os pesquisadores afirmam que a mão humana também foi moldada pela necessidade de habilidade manual, mas afirmam que várias proporções diferentes da mão seriam compatíveis com uma melhor habilidade para manipular objetos.”
"Entretanto, pode haver somente um conjunto de proporções esqueletais que permitem que a mão funcione tanto como um mecanismo para manipulação precisa quanto como um taco para golpes", afirmam os autores do estudo.
"Por fim, a importância evolutiva da mão humana pode estar em sua notável habilidade para servir a duas funções incompatíveis, mas intrinsecamente humanas", observam.
Para Carrier, muitos pesquisadores podem ter evitado esse tipo de análise por aversão à ideia de que a agressão pode ter tido um papel em moldar o corpo humano.
"Acho que há muita resistência, talvez mais entre acadêmicos do que na população em geral, à ideia de que em algum nível os humanos são por natureza animais agressivos. Eu realmente acho que essa atitude, e as pessoas que tentam afirmar que não temos uma natureza, não nos ajudam", argumenta.
"Acho que estaríamos melhor se enfrentássemos a realidade de que temos emoções fortes e que às vezes elas nos levam a nos comportarmos de maneira violenta. Se aceitássemos isso, estaríamos em condições melhores de prevenir a violência no futuro".”
O editor da site Evolucionismo, Rodrigo Véras, acrescentou uma nota a esta matéria quando a publicou na sua página em 23 de dezembro de 2012. Escreveu o editor:
" Comparada com a mão de chimpanzé, à esquerda, a mão humana, à direita, tem dedos e palmas mais curtos e um polegar mais longo, mais forte e mais flexíveis que não só permitem a manipulação refinada de ferramentas e outros objetos, como também permite que os seres humanos façam uso do punho cerrado, o que os macacos não podem fazer.
De acordo com um novo estudo de pesquisadores da Universidade de Utah as mãos humanas teriam evoluido não só para a destreza manual, mas para a luta. (Crédito: Denise Morgan para a Universidade de Utah; University of Utah (2012, December 19). Fine hands, fists of fury: Our hands evolved for punching, not just dexterity.ScienceDaily. Retrieved December 23, 2012 )

Para saber mais:
Morgan, M. H. Carrier, D. R. . Protective buttressing of the human fist and the evolution of hominin hands. Journal of Experimental Biology, 2012; 216 (2): 236 DOI: 10.1242/jeb.075713

Knight, K. Fighting shaped human hands (Inside JEB:) Journal of Experimental Biology, 2013, January 15 J Exp Biol 216, i. DOI: 10.1242/​jeb.083725

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

A Importância Ecológica das Baratas