Morcegos Que Valem 1 Bilhão de Dólares

Os benefícios que o trabalho ecológico dos morcegos trazem ao mundo pode ser avaliado em 1 bilhão de dólares. Isso porque as espécies que comem insetos ajudam a manter sob controle pragas que destroem plantações de milho. Além disso, os quirópteros são também cruciais para dispersar sementes e polinizar diversas plantas.

Segundo um estudo publicado recentemente na revista científica Proceedings of the National Academy of Science, os morcegos trazem benefícios ao mundo que podem ser quantificados em cerca de 1 bilhão de dólares ( 3,6 bilhões de reais na cotação atual).
Isso porque os morcegos que comem insetos ajudam a manter sob controle pragas que destroem plantações de milho.
Os pesquisadores chegaram a essa conclusão por meio de uma série de experimentos para avaliar a importância econômica e ecológica desse mamífero noturno para os agricultores.
Segundo o Grupo Especializado em Morcegos (BSG, na sigla em inglês) da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), as espécies de morcegos equivalem a um quinto de todos os mamíferos terrestres.
Além de serem importantes predadores de insetos, são também cruciais para dispersar sementes e polinizar diversas plantas.
Com os dados coletados em campo e com outros estudos anteriores, os pesquisadores puderam extrapolar os resultados a uma escala global e estimar o valor monetário dos serviços prestados pelos morcegos no controle de insetos em plantações de milho.
"Estimamos que a supressão de herbívoros graças a estes morcegos que comem insetos tem um valor global superior a US$ 1 bilhão, levando em conta apenas esse cultivo", dizem os autores.
Mas a situação é desfavorável para os morcegos, que estão ameaçados pela perda de seu habitat e por doenças.
Na América do Norte, por exemplo, muitas populações estão sendo afetadas pela chamada síndrome do nariz branco, provocada por um fungo. Desde 2007, essa doença matou milhões de morcegos e continua a se propagar.
O Centro Nacional de Saúde para Vida Silvestre dos EUA estima que, no nordeste do país, a população de morcegos tenha se reduzido em cerca de 80% desde que os primeiros casos fatais foram reportados.
Um estudo publicado na revista Science em 2011 adverte que a redução de espécies na América do Norte poderia gerar perdas no setor da agricultura de cerca de US$ 3,7 bilhões por ano.
Os autores advertem sobre a necessidade urgente de educar o público e legisladores sobre a importância ecológica e econômica desses mamíferos.
"Os morcegos são demonizados na mídia e o público tem medo deles. Se pudermos demonstrar o valor e o impacto positivo dos morcegos, isso será bom para a espécie e para a sociedade", enfatiza Josiah Maine, coautor do estudo da Universidade Southern Illinois, nos Estados Unidos.
"A conservação é necessária não apenas do ponto de vista ético, mas também econômico."
Fonte: MSN/BBC

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

Sensibilidade e Especificidade