Aula Ilustrada: Metilação do DNA e o Câncer



Desenhista apaixonado por temas da ciência médica e biológica publica vídeos no Youtube com aulas explicadas por meio de esquemas ilustrativos confeccionados por ele no momento da explicação. Na aula em questão, Armando Hasundungan discorre sobre os mecanismos epigenéticos e a sua importância no desenvolvimento e crescimento celular e como eles são fundamentais na alteração de genes que levam à formação de tumores. Clique no vídeo para assistir ( com legendas em português)


Mais uma daquelas aulas incríveis do Armando Hasundungan. Lembram dele? Aquele desenhista criativo que publica vídeos sobre os mais diversos temas da ciência médica e biológica. Nas suas aulas tudo é ilustrado por desenhos que ele mesmo faz no momento em que está explicando a matéria. Em seus vídeos publicados no Youtube, é possível aprender de maneira divertida, conteúdos sobre imunologia, fisiologia, cardiologia, nefrologia, sistema reprodutor, etc. 
Desta vez, o tema selecionado é a metilação do DNA e o câncer. Quem sabe um pouquinho sobre a bioquímica do câncer vai ficar encantado com essa aula. Armando fala sobre a importância dos mecanismos epigenéticos no desenvolvimento e crescimento celular e como eles são fundamentais na alteração de genes que levam à formação de tumores. Explica detalhadamente os processos de metilação e desmetilação do DNA, enfatizando o papel de cada enzima nesse processo.
A metilação do DNA silencia a expressão dos genes, quando ele se encontra hipermetilado a cromatina fica inativa, e quando está hipometilado a cromatina está ativa, permitindo a transcrição dos genes. O processo de metilação do DNA se dá através da adição de um grupo metil à citosina, pelas enzimas metiltransferases de DNA. Essas enzimas adicionam um grupo metil ao carbono 5 da citosina, gerando a 5-metilcitosina, sendo esta quimicamente instável podendo sofrer desaminação espontânea resultando em timina.
No desenvolvimento de câncer a metilação possui um papel importante, por exemplo, a hipermetilação das ilhas CpG e a hipometilação de genes, podem ocasionar: o silenciamento de genes supressores de tumor e gerar o crescimento desordenado das células pelo favorecimento da transcrição dos protooncogenes, respectivamente. O crescimento celular normalmente é reprimido pelos genes supressores de tumor, dessa forma o silenciamento desses genes pode resultar na perda do controle da regulação negativa e proliferação celular gerando o aparecimento de neoplasias.
Todos os vídeos de Armando Hasundungan são narrados em inglês, mas eu resolvi dar um colher de chá para vocês e legendei essa aula. Aproveitem!
Para saber mais, clique nos links acima

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

Sensibilidade e Especificidade