20 Anos de um Clássico da Ornitologia Brasileira

Lançado em 1997, o livro Ornitologia Brasileira (já esgotado) do ornitólogo alemão naturalizado brasileiro Helmut Sick é a principal obra de referência sobre a avifauna brasileira, tanto para pesquisadores como para observadores de aves. O livro está completando 20 anos e  sintetiza a larga experiência do autor com as quase 1.700 espécies de aves que ocorrem no Brasil e traduz numa linguagem acessível toda a sua experiência fundamentada em mais de 50 anos de cuidadosas e pacientes observações.

Nos primórdios da nossa internet, quando ainda não havia WikiAves ou qualquer outra página de identificação de aves, a principal referência dos ornitólogos brasileiros era o livro Ornitologia Brasileira de Helmut Sick. Passados 20 anos, esse livro ainda permanece como a nossa melhor referência para se estudar as aves brasileiras. O livro é tão importante que foi apelidado de "bíblia da ornitologia brasileira".
Em 1985, Sick havia lançado em dois volumes pela editora da Universidade de Brasília o livro Ornitologia Brasileira, uma Introdução e desde então a obra tornou-se uma importante referência sobre as aves brasileiras, tanto para pesquisadores como para observadores de aves. Embora com poucas figuras, as descrições e as famosas transcrições fonéticas dos cantos das aves ajudaram muita gente a conhecer a nossa avifauna em seus mais variados aspectos. Uma nova edição foi lançada apenas em 1997, revisada e atualizada pela editora Nova Fronteira. O livro sintetiza a larga experiência do autor com as quase 1.700 espécies de aves que ocorrem no Brasil e traduz numa linguagem acessível toda a sua experiência fundamentada em mais de 50 anos de cuidadosas e pacientes observações.
O Dr. Helmut Sick (1919-1991) tem uma história muito interessante. O jovem PhD chegou ao Brasil em 1939 como pesquisador na expedição científica de Adolf Schneider para estudar espécies raras, acabou se apaixonando pela nossa natureza e ficou por aqui. Acabou preso durante a segunda guerra mundial, tempo que usou para descrever os invertebrados que dividiam a cela com ele. Depois tornou-se um dos ornitólogos mais importantes no Brasil, com uma quantidade enorme de trabalhos científicos, culminando com o lançamento do Ornitologia Brasileira.
Já recebeu inúmeras homenagens, tanto por sua importância científica como incentivador da observação de aves, atividade da qual era um animado participante, sendo homenageado na primeira edição do Avistar. Foi o próprio Sick que sugeriu  a eleição da ararajuba, um psitacídeo de aproximadamente 35 cm, como ave símbolo do brasil em virtude de sua plumagem verde e amarela. Um casal de ararajubas ilustram a capa do livro, uma belíssima reprodução de uma aquarela de 0,80x0,60 m pintada pela artista Jenevora Searight
Atualmente não é tarefa fácil encontrar esse livro , pois a sua tiragem já está esgotada e até em sebo é dificil encontrá-lo, só em algumas bibliotecas ou então em cópias em PDF na rede com uma qualidade duvidosa.
Para saber mais, clique nos links acima


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Mariposa da Morte

Tecnologia Indígena

A Importância Ecológica das Baratas